Manaus/AM – A Polícia Federal, entres os dias 29/11 e 5/12, desencadeou operação policial com o objetivo de promover prevenção e repressão de condutas ilícitas durante as eleições suplementares ocorridas em Coari/AM. O trabalho realizado envolveu a participação de equipe formada por policiais federais, viaturas ostensivas e embarcação de apoio.

Foram realizados patrulhamentos e fiscalizações de rotina porta toda cidade de Coari/AM, especialmente no Aeroporto Danilson Aires e na zona portuária. Várias aeronaves, embarcações e veículos foram abordados e fiscalizadas ao longo da semana. Ao todo, foram registradas 126 denúncias em nossos canais de comunicação, as quais foram averiguadas por equipes policiais em campo.

Ainda, no decorrer da semana, deflagrou-se a Operação “Tanque Cheio”, com objetivo de dar cumprimento à mandado de busca e apreensão, expedido pela 8ª Zona Eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral no Amazonas, para apurar o possível pagamento de valores a eleitores para aquisição de combustível que seria utilizado no transporte para o exercício do voto.

No dia do pleito (5/12), foi registrada uma ocorrência de transporte irregular de eleitores, bem como foram lavrados dois autos de prisão em flagrante pela prática, em tese, de corrupção eleitoral (compra de votos). Em ambos casos, os suspeitos foram liberados após o pagamento de fiança e poderão responder, se condenados, à pena de até quatro anos de reclusão.

Comunicação Social da Polícia Federal no Amazonas

 Instagram: @pfmazonas

Facebook: /pfamazonas

Youtube: /pfamazonas

Twitter: /pfamazonas

 [email protected]

www.pf.gov.br

Comentários