4.3 C
Ponta Porã
quinta-feira, 19 de maio, 2022
InícioTecnologiaTikTok é a marca que mais cresce no mundo e Apple é...

TikTok é a marca que mais cresce no mundo e Apple é a mais valiosa


source
TikTok é a marca que mais cresce em todo o mundo
Unsplash/Kon Karampelas

TikTok é a marca que mais cresce em todo o mundo

O TikTok é a marca que mais cresce em todo o mundo, de acordo com o relatório Global 500 2022, da Brand Finance. O aplicativo de vídeos curtos teve crescimento de 215%, com valor de marca saltando de US$ 18,7 bilhões, em 2021, para US$ 59 bilhões, neste ano.

“O consumo de mídia aumentou durante a pandemia de Covid-19 mas, além disso, a maneira como consumimos mudou irrevogavelmente. Para competir nesse mercado em evolução, as organizações de mídia investiram pesadamente em suas marcas – desde a aquisição de conteúdo até a experiência do usuário. O crescimento meteórico do TikTok é a prova: a marca passou de relativa obscuridade para renome internacional em apenas alguns anos e não mostra sinais de desaceleração”, diz no relatório David Haigh, presidente e CEO da Brand Finance.

Depois do TikTok, o ranking de marcas com maior crescimento é seguido pela rede social Snapchat, pela marca de internet sul-coreana Kakao, a fabricante de processadores AMD, a fabricante de automóveis BYD, a empresa de computação NVIDIA e o Twitter. Confira:

  1. TikTok – crescimento de 215%
  2. Snapchat – crescimento de 184%
  3. Kakao – crescimento de 161%
  4. AMD – crescimento de 122%
  5. BYD – crescimento de 100%
  6. Nvidia – crescimento de 100%
  7. Twitter – crescimento de 85%

Já quando o assunto são as marcas mais valiosas do mundo, a Apple é a grande campeã, com valor de US$ 355,1 bilhões, o maior já registrado no ranking Brand Finance Global 500. “A Apple comanda um nível incrível de fidelidade à marca, em grande parte graças à sua reputação de qualidade e inovação. Décadas de trabalho duro para aperfeiçoar a marca fizeram a Apple se tornar um fenômeno cultural, o que permite não apenas competir, mas prosperar em um grande número de mercados”, afirma Haigh.

Leia Também

Na sequência, vêm a Amazon (US$ 350,3 bilhões), o Google (US$ 263,4 bilhões), a Microsoft (US$ 184,2 bilhões) e o Walmart (US$ 111,93 bilhões).

MAIS LIDAS