29 C
Ponta Porã
domingo, 14 de abril, 2024
InícioWilson AquinoArtigo - Poesia para Jesus Cristo

Artigo – Poesia para Jesus Cristo

Wilson Aquino*

Toda expressão do mais profundo sentimento humano é poesia. Mesmo sem métricas ou rimas, o poema reside no significado que almejamos. Assim, estas palavras de amor e gratidão a Jesus Cristo pela vida e pelo grandioso Plano de Salvação que estabeleceu para todos nós são, então, pura poesia. Este é o desejo deste humilde servo que busca demonstrar sua admiração e respeito ao Senhor pelos milagres que concede a cada dia.

Desde o início, lá estavas Tu, Jesus, em comunhão com Deus, o Pai, quando criaste a Terra e o ser humano! Com Teu amor, apresentaste o melhor Plano de Salvação, concedendo-nos o Livre-arbítrio para escolhermos ou não o caminho divino!

Diante de nossos passos errantes e da incompreensão do verdadeiro propósito da vida, Te ofereceste ao Pai para vir como humano, sacrificando-Te pelos nossos pecados para nos salvar! Antes disso, mostraste-nos o caminho que todos deveríamos seguir!

Pregaste Tua palavra, a Palavra de Deus, durante um curto período de tempo, pouco mais de três anos, e nos ensinaste tudo o que precisávamos saber para vivermos com alegria, segurança e confiança, sabendo que Contigo em nossos corações, podemos superar todos os obstáculos da vida!

Fostes humilde e justo ao encarnar como homem, apesar de ser o Unigênito do Pai, e mesmo com as fraquezas que todos nós compartilhamos, mostrastes que não precisamos nos render!

Através de incontáveis exemplos que testemunhamos, deixaste-nos lições grandiosas e eternas, permitindo-nos afastar-nos do mal presente no mundo, tornando-nos pessoas dignas, honestas e honradas.

Ensinaste-nos a bondade, a tolerância e o amor, não apenas com palavras, mas com teu exemplo supremo, mostrando-nos que tudo é possível, até mesmo amar nossos inimigos, orar por eles e não desejar-lhes o mal.

A beleza de Teus pensamentos e ações inspira-nos a também sermos belos em nossos corações!

Com terna compaixão, acolheste em Teus braços os enfermos, aleijados, cegos, maltrapilhos e leprosos, demonstrando Tua grandiosidade em até ressuscitar os mortos!

“Quem nunca pecou, que atire a primeira pedra!” Disseste um dia, enfrentando uma situação tensa que poderia resultar em uma morte terrível. Tuas palavras eram carregadas de poder e sabedoria!

Multiplicaste pães e peixes escassos para alimentar milhares de homens, mulheres e crianças que Te seguiam em busca de compreensão e nutrição espiritual!

Quão grandioso és Tu, Senhor!

Quão grandioso és Tu!

Para que Tua palavra não fosse esquecida após Teu sacrifício na cruz, escolheste 12 Apóstolos para continuar Tua obra. Ordenaste a todos nós: “Ide e pregai o Meu evangelho”, e hoje somos milhares de missionários!

Teu plano, Teu sacrifício tiveram sucesso! Agora todos sabemos que há um caminho de bondade e amor a seguir, e nenhuma pedra de tropeço deve nos desviar ou nos fazer desistir de seguir-Te, enfrentando todos os ventos e tempestades que possam surgir!

E falando em ventos e tempestades, quão bela foi aquela Tua caminhada sobre as águas do mar em direção ao barco que trazia Teus Apóstolos! Quando Pedro, o mais ousado, pediu para ir até Ti sobre as águas. Tu disseste: “Vem”, e ele foi. Pedro! Oh Pedro! Começou bem, caminhando com fé sobre as águas do mar, mas, de tão empolgado, começou a olhar ao redor e para baixo, para as águas sob seus pés. O milagre superou sua compreensão, e ele começou a afundar. Felizmente, Tu, Senhor, estavas lá, como estás para todos nós, para salvá-lo do desespero e da morte!

E depois de tanta bondade e amor, Fostes condenado, pregado na cruz. Inacreditável quanta crueldade e maldade cometemos! Quão ingratos fomos!

Nossas ações que levaram à Tua crucificação demonstraram o quão imperfeitos somos e quanto precisamos trabalhar em nossas mentes e espírito para incorporar Tuas palavras e ensinamentos.

Não desista de nós, Senhor! Ajuda-nos a fortalecer nossa sabedoria e compreensão da beleza do Plano de Salvação, para que possamos alcançar a felicidade plena e a prosperidade ainda nesta vida. Que possamos fazê-lo com humildade, amor e respeito ao próximo, sempre louvando e glorificando o Teu nome, para sermos dignos de viver a eternidade em família e na companhia do Senhor.

*Jornalista e Professor