A prisão aconteceu na cidade de Pedro Juan Caballero

O Comissário Principal Hugo Díaz, chefe Regional Amambay Departamento de Investigação Criminal, divulgou nesta quinta-feira (22), que o departamento  de investigação criminal prendeu na quarta-feira (21), por volta das 11h30 no bairro Jardim Aurora em Pedro Juan Caballero, Paraguai, o brasileiro Adriano Rocha Guimarães (37), que possui uma grande ficha criminal com cinco mandados de prisão expedidos pela justiça brasileira.

O homem preso é natural de Jatei, cidade próxima a Dourados, e entre os mandados de prisão, um é por feminicídio, tráfico de drogas, contrabando de armas, lesão corporal,  furto, violência doméstica, ameaças, homicídio simples e financiamento do crime organizado.

Segundo o comissário no Paraguai, o preso passou a responder por estar residindo ilegalmente no país, e em seguida será expulso e entregue a Policia Federal para responder pelas suas pendências no Brasil.

Falando ao repórter do site Pontaporainforma, Ronald Ledesma, o Comissário Hugo Díaz disse que a policia conseguiu prender Adriano graças ao ótimo trabalho de investigação que foi feito pela inteligência da policia Nacional em Pedro Juan Caballero.

Feminicídio:

Conforme informações do Campograndenews, no dia 25 de maio deste ano, Adriano Guimarães tentou matar a namorada, Stefanie Silvério Teixeira, 22, com um tiro no peito. Depois de atirar na mulher durante a briga, ele ligou para o padrasto dela dizendo que a jovem tinha tentado se matar e pediu ajuda.

O padrasto encontrou Stefanie caída na garagem da casa, Adriano fugiu em um Ford Fiesta prata levando a arma do crime. Apesar da gravidade, ela estava consciente e denunciou o então namorado. A mulher sobreviveu.

Comentários