Reconhecida mundialmente como uma “Tree City of the World” – Cidade Árvore do Mundo, a Prefeitura de Campo Grande celebra neste ano a Semana da Árvore, na qual o Dia da Árvore é comemorado no 21 de Setembro, com uma programação voltada a eventos que visam muito mais que a distribuição de mudas e o plantio de novas árvores, e sim que objetivam a conscientização, a sensibilização e o apoio de toda a população campo-grandense na preservação e ampliação das nossas florestas urbanas.

Inúmeros são os benefícios oferecidos pela arborização urbana, a começar pela qualidade de vida e bem-estar proporcionados pelas árvores, elementos naturais fundamentais no ambiente urbano. As árvores contribuem para a biodiversidade, produzem oxigênio no processo de fotossíntese, reduzem a poluição do ar, evitam erosões, aumentam a umidade do ar, auxiliam a reduzir o calor mantendo o clima ameno, proporcionam sombra, abrigo, fornecerem flores e frutos que servem de alimento, na produção de remédios, além de ajudarem na organização do ambiente urbano, contribuindo para a beleza paisagística das nossas praças, parques, canteiros e avenidas.

O prefeito Marquinhos Trad destaca o cuidado e carinho com que a população trata as árvores “Quem não gosta de aproveitar da sombra de uma árvore com sua família ou amigos, comer as frutas direto do pé. Temos realizado um trabalho intenso para que tanto a nossa, como as futuras gerações, possam usufruir dos benefícios oferecidos pela arborização na área urbana”.

E como parte das ações desenvolvidas pela gestão municipal, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana (Semadur), seu secretário Luís Eduardo Costa, pontua que os plantios realizados impactam diretamente o cidadão em outros aspectos que vão além dos benefícios arbóreos “Passamos por um momento de mudanças climáticas, neste momento preservar as nossas árvores torna-se uma ação imprescindível que vai além do conforto térmico. Um exemplo que podemos citar é a atual crise hídrica que várias cidades passam. Já em Campo Grande, através de programas voltados à preservação dos mananciais de abastecimento, com a preservação e o reflorestamento das Áreas de Proteção Ambiental (APA) e Áreas de Proteção Permanente (APP) preservamos e auxiliamos a produção da água”.

A Capital dos Ipês neste ano celebra a data com uma programação que inclui plantios, distribuição de mudas e também homenagens aos profissionais da saúde que atuaram na linha de frente no combate à Covid-19 e moradores, confira na programação.

Dia 19 (domingo)

8h – será realizada a doação de mil mudas frutíferas à população durante a realização do projeto “Domingo em Família”, que acontece nos altos da Avenida Afonso Pena. As mudas são de pitanga, acerola, goiaba, jabuticaba, amora, romã e nêspera.

Dia 21 (terça-feira)
9h – será realizada a distribuição de duas mil mudas frutíferas, no sistema drive thru, no estacionamento da Central de Atendimento ao Cidadão (CAC). As mudas distribuídas serão de pitanga, acerola, goiaba, jabuticaba, amora, romã e nêspera.

Dia 22 (quarta-feira)
Será realizado o plantio de árvores na praça pública do Bairro Parque dos Girassóis de espécies nativas e frutíferas próximo à academia ao ar livre instalada no local, proporcionando no futuro sombra para aqueles que utilizam o espaço.

Dia 23 (quinta-feira)
9h – a Prefeitura, por intermédio da Semadur, em parceria com o Hospital Regional de Mato Grosso do Sul (HRMS), implantarão BOSQUE – ARTE E TERAPIA DR VIRGILIO GONÇALVES SOUZA JUNIOR na instituição hospitalar, projeto idealizado pelo médico pediatra, servidor efetivo do HRMS vitimado pela COVID-19, que anteriormente à Pandemia já havia procurado a Semadur com o objetivo da criação de um espaço voltado ao conceito de biofilia “necessidade de sentir bem-estar em contato, interação e relacionamento com a natureza”, uma área comum aos servidores e/ou pacientes para descompressão e relaxamento.

A ação visa valorizar os profissionais do local, que trabalham incansavelmente para salvar a vida, e homenagear o seu idealizador com o plantio de 30 mudas de espécies frutíferas, oriundas do Viveiro Municipal Flora do Cerrado, dentre elas mudas de pitanga, acerola, goiaba, jabuticaba, amora, romã e nêspera.

Também será realizado o plantio de sete mudas de Ipês (branco, rosa e amarelo) com o intuito de homenagear cada um dos servidores do HRMS que foram vitimados pela COVID-19. As mudas serão plantadas pelos familiares e identificadas com o nome de cada servidor, como forma de eternizar seus entes que dedicaram parte de suas vidas no atendimento aos pacientes.

Dia 25 (sábado)
8h – será realizada a distribuição de 10 mil mudas frutíferas, no sistema drive thru, no Paço Municipal, entre as Ruas Barão do Rio Branco e Arthur Jorge. As mudas distribuídas serão de pitanga, acerola, goiaba, jabuticaba, amora, romã e nêspera.

Dia 29 (quarta-feira)
Como parte das atividades desenvolvidas pelo projeto “Recomeçar, Programa de Acompanhamento Familiar” para a comunidade do Parque dos Sabiás será realizado o plantio 50 árvores de espécies nativas, que serão plantadas pelos próprios moradores e nominadas pelos mesmos. Além da distribuição de 500 mudas de espécies frutíferas para a população.

Dias 3 a 6 de outubro
Em função da pandemia decretada pela Organização Mundial de Saúde ocasionada pelo Novo coronavírus, Campo Grande sediará de forma 100% virtual o pré-evento do XXIV Congresso Brasileiro de Arborização Urbana e o III Congresso Iberoamericano de Arborização Urbana 2021. O evento poderá ser acompanhado totalmente online pelo site www.virtual.cbau.eco.br onde especialistas reconhecidos internacionalmente apresentarão uma programação dedicada a refletir como a Arborização Urbana pode contribuir para a Década da ONU da Restauração dos Ecossistemas (2021-2031). A programação completa do evento está disponível no site virtual.cbau.eco.br/programacao/ faça sua inscrição e participe.

Ao todo serão mais de 14 mil mudas de novas árvores disponibilizadas somente nesta Semana da Árvore à população, além dos demais plantios que continuarão a ser realizados.

Comentários