29 C
Ponta Porã
domingo, 14 de abril, 2024
InícioVariedadesMulherCólera: saiba os sintomas da doença que afetou passageiros de cruzeiro

Cólera: saiba os sintomas da doença que afetou passageiros de cruzeiro

Cólera: saiba os sintomas da doença que afetou passageiros de cruzeiro
Foto: Reprodução

Cólera: saiba os sintomas da doença que afetou passageiros de cruzeiro

O navio de cruzeiro norueguês, que estava parado na costa das ilhas Maurício por suspeita de um surto de cólera, foi liberado pelas autoridades na última terça-feira, dia 27 de fevereiro. Mais de 3 mil pessoas, entre passageiros e tripulantes, foram mantidas a bordo enquanto as autoridades locais recolhiam amostras para testes. O navio, o Norwegian Dawn, foi impedido de atracar no cais devido ao temor de um possível surto da doença entre os passageiros.

A suspeita de cólera surgiu após a autoridade portuária coletar amostras de cerca de 15 passageiros que estavam isolados a bordo, apresentando sintomas como vômito e diarreia. No entanto, os testes realizados descartaram a presença da cólera, indicando que se tratava, na verdade, de casos de gastroenterite .

Leia também: Entenda a importância da vacina contra o sarampo

Os passageiros foram informados de que poderiam ficar em quarentena por até dez dias caso o surto fosse confirmado. No entanto, após a confirmação de que se tratava de gastroenterite, as restrições foram levantadas e eles puderam desembarcar.

Mas afinal, o que é a cólera?

A cólera é uma doença infectocontagiosa do intestino delgado, geralmente transmitida por meio de alimentos ou água contaminados. Causada pela bactéria Vibrio cholerae, a cólera provoca sintomas como diarreia intensa, náuseas, vômitos e desidratação. Em casos graves, a doença pode levar à desidratação severa, choque e até mesmo à morte em questão de horas. A transmissão ocorre principalmente por via fecal-oral, ou seja, pelo consumo de água ou alimentos contaminados pelas fezes de uma pessoa infectada.

O diagnóstico da cólera é feito por meio de exames laboratoriais para identificar a presença da bactéria em amostras de fezes. O tratamento inclui a reidratação oral com soluções de sais, fluidos intravenosos e, em alguns casos, o uso de antibióticos para reduzir a gravidade e a duração da doença.

A prevenção da cólera envolve medidas simples de higiene, como lavar as mãos com água e sabão regularmente, beber água potável e consumir alimentos bem cozidos. Além disso, existem vacinas disponíveis para a cólera, que oferecem proteção contra a doença.

Embora casos de cólera sejam raros em países industrializados, a doença ainda representa um problema de saúde pública em muitas regiões do mundo, especialmente em áreas com más condições sanitárias e de higiene. Portanto, é importante estar ciente dos sintomas da cólera e tomar precauções ao viajar para áreas onde a doença é endêmica.


E aí, curtiu essa matéria? Então conheça e siga a gente em nossos perfis no Facebook , Instagram , Twitter e Pinterest para conferir muito mais!

Fonte: Mulher