19.4 C
Ponta Porã
domingo, 3 de julho, 2022
InícioNotíciasConfira a Coluna com Roberto Costa (14/01)

Confira a Coluna com Roberto Costa (14/01)

Informação

14/01/2019 15h50 – DN

FIM DA LINHA – Depois de aproximadamente 40 anos foragido da justiça italiana, inclusive com uma mãozinha do governo petista, Cesare Battisti, preso na Bolívia, foi extraditado para a Itália.
**

SEM ACOMODAÇÃO – E por falar em extradição, o governo do Paraguai não quer assumir a responsabilidade pela guarda de criminosos estrangeiros de alta periculosidade devolvendo-os aos países de origem.
**

2º ESCALÃO – O governador Reinaldo Azambuja, do PSDB, praticamente a formação da sua nova equipe de trabalho com a divulgação dos ocupantes do segundo escalão.
**

SILÊNCIO – Tudo indica que a futura Mesa Diretora da Assembleia Legislativa já foi definida. É que não ouve manifestação da chamada ‘oposição insatisfeita’ como o processo estava sendo conduzido.
**

REGISTRO – É inegável que a saúde pública em Campo Grande deu um salto de qualidade, apesar da existência de setores deficitários como a falta de leito hospitalar.
**

FUTURO – Tudo indica que o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional de Mato Grosso do Sul, Mansour Elias Karmouche, estaria se preparando para ingressar na política.
**

ANTIDEMOCRÁTICO – A forma de distribuição dos gabinetes na Câmara dos Deputados, seguindo uma regra protecionista antiga, é uma afronta ao regime democrático e aos novos eleitos.
**

CORTE – A nora realidade político-administrativa exige dos governantes adoção de medidas amargas como redução do quadro de pessoal. É o que está previsto para o MS.
**

LIMPA? – A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, participou da solenidade de posse do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, sob o argumento de que reeleição foi transparente.
**

COCAÍNA 1 – Gustavo Guiraldelli, vereador de Água Clara pelo Partido Verde, está sendo investigado por ter supostamente pedido droga de dentro do Fórum da cidade, onde trabalho como oficial de Justiça.
**

COCAÍNA 2 – A investigação se iniciou após a Polícia Civil ter tido acesso a um áudio no celular do entregador, um mototaxista que foi preso, em que o parlamentar teria solicitado R$ 50 de ‘coca’.
**

DENÚNCIA – O parlamentar já havia sido denunciado na Câmara Municipal de Água Clara por suspeitas de patrocinar festas regadas a bebidas e entorpecentes a menores.
**

CONFÚCIO – “Exige muito de ti e espera pouco dos outros. Assim, evitarás muitos aborrecimentos.”
**

Confira a Coluna com Roberto Costa (14/01)

MAIS LIDAS