A previsão do tempo, para os próximos dias, é de manutenção das áreas de instabilidades em Mato Grosso do Sul, o que deve provocar ainda mais chuvas em todo o Estado.

O município de Corumbá, por exemplo, já registrou três vezes mais volume de chuva do que o esperado para o mês que era de 145,4mm.  Nesta terça-feira, dia 19, Nioaque teve que decretar situação de emergência, foram 510 milímetros em apenas quatro dias. Resultado: enxurradas, alagamentos e inundações. Cerca de 60 pessoas foram desalojadas.

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedesc) está alertando à população, em especial as ribeirinhas, para que fiquem atentos. O subtenente Antunes orienta que se a água começar a invadir a residência é importante buscar abrigo imediatamente e entrar em contato com a Defesa Civil municipal.

A Defesa Civil de Mato Grosso do Sul possui um serviço gratuito para envio de alertas de desastres naturais. Os interessados podem enviar mensagem de texto para o número 40199 com o CEP da residência.

Katiuscia Fernandes – Subcom

Fonte: Governo MS

Comentários