21.7 C
Ponta Porã
quinta-feira, 23 de maio, 2024
InícioVariedadesMulherDia do Beijo: mulheres dão dicas para um beijo gostoso

Dia do Beijo: mulheres dão dicas para um beijo gostoso

Mulheres dão dicas para um beijo gostoso
FreePik

Mulheres dão dicas para um beijo gostoso

“O que é um beijo gostoso para você?”. Neste Dia do Beijo , comemorado em 13 de abril, foi esta a pergunta que fizemos às nossas leitoras. São mulheres de diferentes idades e profissões, de dentista a criadora de conteúdo adulto, que respondem e também dão dicas para beijar muito nesta data. Confira as respostas a seguir:

“Um beijo gostoso é aquele que o cara não precisa colocar a mão na sua bunda para mostrar que tem pegada”

“[Um beijo gostoso] É aquele tipo de beijo que vai progredindo, começa normal, e vai ficando mais rápido, mais profundo, vai se tornando uma coisa cada vez mais íntima. E não estou falando só de pegação selvagem não, mas aquele beijo que o cara não precisa apelar e colocar a mão na sua bunda para mostrar que tem pegada. São coisas como colocar a mão na sua nuca, segurar seu rosto com firmeza e passar a mão pelo seu cabelo… O beijo tem um ritmo próprio, vai variando entre rápido e devagar conforme vocês vão sentindo”.

— Isadora Lombardi, 20 anos, estudante de Jornalismo

“A minha dica é manter uma higiene oral diária para evitar mau hálito e doenças”

“Um beijo gostoso seria aquele que varia intensidade e ritmo, alternando entre beijos suaves e intensos. Mas o que torna ele realmente gostoso certamente é o sentimento que você tem pela pessoa que está beijando. […] Minha dica é sempre manter a saúde bucal em dia. Nenhum beijo será bom com uma boca que não está saudável. Pessoas que não têm boa higiene oral podem ter cáries, gengivites, periodontites, entre tantas outras lesões na boca. A quantidade de bactérias é maior nesses indivíduos. Além disso, muitos vírus podem estar circulantes na cavidade oral, especialmente na saliva. Logo, minha dica é manter uma higiene oral diária e consultas com cirurgião dentista rotineiras, evitando assim o temido mau hálito e várias doenças bucais que vão deixar o seu beijo desagradável”.

— Fernanda Passon, 32 anos, influenciadora e cirurgiã-dentista

“Experimente mordidinhas suaves nos lábios e variações de pressão e ritmo”

“O beijo não tem jeito certo, jeito errado, luz acesa, luz apagada, lugar nem horário. Você apenas tem que se sentir bem com a outra pessoa e estar com vontade.

Ao explorar a intimidade com alguém, é essencial pensar na sua segurança e bem-estar. Mesmo com tanto acesso à informação, muitos jovens enfrentam situações indesejadas. Aproveite cada momento sem crises existenciais, mantendo o respeito e a paixão.

Durante um beijo, preste atenção à respiração, sincronizando-a com a do seu parceiro (a) para aumentar a conexão e a intimidade. Explore o corpo da outra pessoa com as mãos de forma delicada e respeitosa, intensificando a conexão emocional.

Varie os movimentos durante o beijo para tornar a experiência mais envolvente e prazerosa. Experimente diferentes técnicas, como mordidinhas suaves nos lábios e variações de pressão e ritmo. Feche os olhos para se concentrar na conexão e no prazer mútuo, comunicando-se abertamente sobre suas preferências”.

— Bela do Céu, 29 anos, “genital influencer” e CEO da marca de sex toys Good Vibres

“Gosto de começar o beijo lento e ir aumentando a intensidade”

“Eu gosto de começar devagar. Começar o beijo lento e ir aumentando um pouco a intensidade para ver também como vai ser o encaixe, sabe? Também gosto de trabalhar com a língua, acho que a língua é importante, mas também não muito afobado. Eu acho que a língua tem que ser trabalhada conforme a intensidade do beijo. Então, se o beijo está devagar, a língua também vai trabalhar de forma devagar. E se o beijo está um pouco mais rápido, um pouco mais intenso, a língua também vai trabalhar de uma forma mais intensa. […] Eu gosto de pegar na nuca, gosto de pegar no rosto, depende se você está sentado, se você está de pé, eu gosto de pegar na cintura também. Às vezes, uma passada de mão… Com consentimento, claro, isso é importante, né? Mas eu acho que é isso. Eu acho que a gente tem que ir sentindo, conforme você está beijando a pessoa, ainda mais se é uma pessoa que você não conhece muito bem. Você vai sentindo”.

— B.P., 26 anos, estudante universitária

“A saliva e o gosto também importam”

“Para mim, uma das coisas principais é encontrar um ritmo junto com a pessoa. Às vezes, você vai muito rápido ou muito devagar, e acaba que o beijo não se encaixa de jeito nenhum. Então, acho que para ser realmente bom, você tem que tentar se ajustar. Conheça o jeito de beijar da outra pessoa e vá se encaixando, isso faz toda a diferença. Outra coisa também muito importante é não deixar os lábios duros, evite aquele beijo automático. Deixe fluir suavemente, sinta os lábios macios. A saliva e o gosto também importam, então mantenha o beijo úmido, mas não demais nem de menos (risos). Encontre o equilíbrio. E eu acho que uma mordidinha também deixa tudo mais gostoso. O mais importante, no fim das contas, é o sincronismo. Então, não tenha pressa, beijar é uma delícia.

O que também é bem importante, gente, é escovar os dentes. Sim! Muito importante. Escovar os dentes, além de deixar o hálito fresco, ajuda você a salivar um pouco mais, o que é ótimo. Balas também ajudam a salivar mais, o que deixa o beijo mais úmido, porque beijo seco não é gostoso. Outra dica muito importante é hidratar os lábios; quanto mais hidratados, mais macios eles ficarão, e isso vai melhorar o beijo”.

— Kerolay Chaves, 22 anos, criadora de conteúdo adulto na Privacy

Quer ficar por dentro das principais notícias do dia? Clique aqui e faça parte do nosso canal no WhatsApp

Fonte: Mulher