Equipes da Senad fazem buscas em seis imóveis nesta quinta-feira em Pedro Juan Caballero.

Agentes especiais e promotores de Justiça vieram de Asunción, a capital paraguaia, para participar da Operação Fronteira Segura, deflagrada hoje (11) para desmontar bases da facção criminosa em Pedro Juan Caballero, cidade vizinha de Ponta Porã (MS).

Com apoio de helicóptero, as equipes da Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) estão em seis endereços da cidade, capital do Departamento (equivalente a Estado) de Amambay.

Em Pedro Juan, operação contra facção criminosa tem apoio aéreo e promotores da capital paraguaia
Agentes da Senad em um dos endereços da operação desta quinta-feira (Foto: Divulgação/Senad)

Além do laboratório para produção de supermaconha, com alta concentração de THC, os agentes prenderam pelo menos quatro membros da facção criminosa, apreenderam vários veículos, dinheiro, joias e documentos.

Quando os agentes chegaram, os traficantes ainda dormiam. A operação tem apoio da Polícia Federal brasileira e, segundo a Senad, tem como objetivo desmontar as bases da facção na fronteira e prender soldados da facção responsáveis por dezenas de execuções nos últimos meses.

As buscas estão sendo feitas em um condomínio de apartamentos localizado na Rua Natalicio Talavera com Mariscal Estigarribia, em outro imóvel na frente ao condomínio, em duas residências de alto padrão localizadas na Rua Manuel Dominguez com General Bruguez, em um lava-rápido localizado no bairro General Genes e em uma casa localizada na Rua Comuneros com Cerro Leon.

Neste momento as 4 pessoas presas na operação foram todos encaminhados para a sede da base do Senad em Pedro Juan Caballero, o de devrão ser autuado pelos crimes cometidos em solo paraguaio.

Fonte:Campograndenews

Comentários