12.2 C
Ponta Porã
quinta-feira, 11 de agosto, 2022
InícioSem categoriaEm Ponta Porã, homem mata esposa e lava corpo para despistar a...

Em Ponta Porã, homem mata esposa e lava corpo para despistar a polícia

Vitor Cardoso, de 68 anos, foi preso em flagrante, na madrugada desta quarta-feira (8), depois de matar a companheira Joana Darc Martins da Silva, de 40 anos, em Ponta Porã, MS. Ele ainda lavou a cena do crime para tentar despistar a polícia.

Conforme informações da delegada Analu Ferraz, responsável pela DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher) de Ponta Porã, Joana foi espancada durante a terça-feira e morta nesta madrugada. “Ele lavou o corpo da vítima e toda casa para tentar maquiar a cena do crime”, contou Analu.

Por volta das 5h da madrugada Vitor pediu para um vizinho chamar o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) alegando que Joana havia falecido. Vitor disse que a companheira havia chegado em casa por volta das 15h30 de terça com diversos hematomas pelo corpo e um ferimento na perna, pedindo ajuda.

Ele alegou que ajudou Joana com algumas cobertas e um copo de água, e que ficou ao lado da mulher observando sua recuperação. Em certo momento ela parou de respirar, e então pediu para o vizinho acionar o Samu. Mas durante as investigações a polícia descobriu que ele era o assassino e estava tentando encenar a morte da mulher.

De acordo com a delegada Analu, testemunhas contaram que ouviram gritos de Joana durante a tarde, uma pessoa também viu o momentos das agressões. Durante a madrugada Vitor esfaqueou a mulher na coxa, perto da virilha, ela morreu por hemorragia. Depois da morte, ele lavou o corpo da vítima e a casa. Joana já havia registrado boletins de ocorrência contra Vitor.

Ainda não se sabe o que motivou o assassinato da mulher e a polícia investiga o crime. Vitor está preso da DAM de Ponta Porã e vai responder por feminicídio. O crime aconteceu na Rua Cipreste, no Residencial Ponta Porã I.

CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

MAIS LIDAS