Mesmo algemado, tentou investir fisicamente contra a equipe

No dia de hoje, por volta das 09h, em Ponta Porã, um homem de 28 anos foi preso após agredir uma mulher que teria conhecido recentemente por meio de aplicativo de encontros.

Durante a prisão o indivíduo tentou se evadir e entrou em luta corporal com os policiais, dizendo ser capoeirista e já ter se envolvido em vias de fato com policiais de outras guarnições. Já na delegacia, o flagrado, mesmo algemado, tentou investir fisicamente contra a equipe policial, precisando novamente ser contido com uso da força. Visivelmente alterado, o cidadão esbravejava que era membro de facção criminosa e prometia vingança contra os policiais.

Ainda, segundo a vítima, ameaças de igual teor foram dirigidas contra sua pessoa, dizendo o então suspeito que seria faccionado a determinada organização criminosa, se fosse preso, iria mandar matá-la.

Conforme o delegado Patrick Linares da Costa, o sujeito que não pode ter seus dados divulgados em razão de impeditivo legal decorrente da lei de abuso de autoridade, foi preso em flagrante por lesão corporal em situação de violência doméstica, resistência e ameaça contra a vítima e os policiais.

A autoridade policial representou pela conversão da prisão em flagrante em preventiva, diante da aparente necessidade de tirada de circulação do flagrado.

Comentários