12.2 C
Ponta Porã
quinta-feira, 11 de agosto, 2022
InícioVariedadesEntretenimentoLuisa Mell resgata cães deixados por "mulher da casa abandonada"

Luisa Mell resgata cães deixados por “mulher da casa abandonada”

Margarida Bonetti, a Mulher da Casa Abandonada, fugiu e deixou para trás as cadelas, Ebony e Ivory
Instagram/montagem

Margarida Bonetti, a Mulher da Casa Abandonada, fugiu e deixou para trás as cadelas, Ebony e Ivory

O podcast “A Mulher da Casa Abandonada” viralizou nas últimas semanas por contar a história de Margarida Bonetti, foragida do FBI que se escondia em uma mansão abandonada em Higienópolis, bairro nobre da cidade de São Paulo. A apuração, conduzida por Chico Felitti para a Folha de São Paulo, passou a ganhar grandes proporções e reuniu diversos ouvintes à fachada da casa, o que fez com que Margarida deixasse o local e as duas cadelas. Na manhã deste domingo (3), a ativista Luisa Mell realizou o resgate dos animais.

As cadelas, chamadas de Ebony e Ivory, são citadas no primeiro episódio do podcast, chamado “A Mulher”. Margarida Bonetti, que até então se identificava no bairro apenas como “Mari”, afirmou ao jornalista que se tratava de seus cães de guarda.

“As duas são grandonas, bravas, feras [risos]”, diz Margarida no podcast. “Eita, preciso me preocupar ou aqui está seguro?”, pergunta Felitti. “Não, cê tá seguro! Elas são perfeitamente treinadas e obedientes”, responde a mulher.

Luísa gravou o resgate realizado pela equipe do Instituto Luisa Mell. A ação foi apoiada pelo delegado e deputado estadual Bruno Lima (PP-SP). Os animais foram levados, e Luísa afirmou que será averiguado se houve abandono.

A ativista ainda divulgou nos stories da organização o estado da mansão. “A casa não está somente insalubre como com um cheiro terrível. A dona foi embora”, afirmou. O mau cheiro é resultado dos excrementos que Margarida Bonetti jogava pela janela da casa com um balde, já que o esgoto da mansão não funciona mais. “Tem fezes jogada pela janela, urina, tem rato andando por aqui. Os animais viviam nesse ambiente em uma situação lastimável”, afirmou ainda o deputado.

+ Entre no canal do  iG Gente no Telegram e fique por dentro de todas as notícias sobre celebridades, reality shows e muito mais!

Novo ponto turístico?

Até o momento, “A Mulher da Casa Abandonada” tem quatro episódios divulgados e se tornou um sucesso ao expor o caso da mulher que morava nos Estados Unidos e manteve uma empregada doméstica em situação de trabalho análogo à escravidão em uma cidade próxima a Washington. O caso veio à público no fim dos anos 1990 e início dos anos 2000.

O marido de Margarida, o engenheiro Rene Bonetti, chegou a ser preso, cumpriu pena de seis anos e chegou a pagar indenização e os salários nunca entregues à empregada doméstica. No entanto, Margarida fugiu para o Brasil e se escondeu na casa de sua família em Higienópolis (que, aos poucos, foi ficando abandonada).

O podcast lidera o ranking dos mais escutados atualmente e popularizou novamente a história. Como resultado, neste fim de semana, a região da casa abandonada de Higienópolis registrou um crescimento de visitantes. São ouvintes do podcast que foram ver a fachada da casa com os próprios olhos.

+ Entre no canal do  iG Gente no Telegram e fique por dentro de todas as notícias sobre celebridades, reality shows e muito mais!

Uma internauta afirmou que, no último sábado (2), houve movimento intenso. Por volta das 15h, os vizinhos chamaram a polícia. “Segundo os relatos isso deu tanto transtorno causado pelos curiosos (fila dupla, gritos, acesso ao prédio ao lado etc) quanto pelo clima hostil que pairava no ar”, diz o relato, afirmando ainda que um drone sobrevoou o local. “Pessoas gritando o nome dela, gente em cima do muro… Hoje estava saindo do controle”, escreveu outra pessoa.

Fonte: IG GENTE

MAIS LIDAS