Local onde corpo de bebê foi encontrado hoje (Foto: Marciano Candia/Última Hora)

Duas mulheres foram presas nesta sexta-feira (5) em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha de Ponta Porã (MS), depois que um bebê foi encontrado morto em matagal nos arredores da cidade. As presas são a mãe e a tia da criança. Elas são de etnia indígena.

A menina, nascida há pelo menos 35 dias, foi deixada no meio do capim enrolado em panos. Moradores do Jardim Aurora que passavam pelo local encontraram o corpo e chamaram a polícia.

O médico forense da Polícia Nacional, Marcos Prieto, disse que a morte deve ter ocorrido 12 horas antes de o corpo ser encontrado. A suspeita é que a criança morreu em casa e foi deixada no matagal.

Segundo ele, não havia hematomas aparentes, o que demonstra que o bebê pode ter morrido em decorrência de problemas de saúde ou devido a maus tratos.

Pessoas que conhecem a mãe da menina contaram que há três dias a mulher estava bêbada e teria derrubado a criança do colo. O corpo foi levado para o necrotério da cidade para passar por necropsia. As duas mulheres presas não tiveram os nomes divulgados.

  • CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS
Comentários