19.4 C
Ponta Porã
domingo, 3 de julho, 2022
InícioEloir VieiraO Batismo nas águas Salva? por Eloir Vieira

O Batismo nas águas Salva? por Eloir Vieira

“E disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para perdão dos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo” (Atos 2.38).

O batismo é uma solenidade pública realizada diante de várias testemunhas; confessamos Jesus Cristo, como nosso único Salvador e Senhor, e recebemos o perdão e a salvação: “A saber: Se, com a tua boca, confessares ao Senhor Jesus e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dos mortos, será salvo. Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação” (Rm 10.9,10).

O batismo nas águas é uma ordenança, um mandamento do Senhor; esta é a forma ensinada por Jesus no rio Jordão, quando foi batizado por João Batista, afundando-O totalmente na água; isto simboliza a morte e o sepultamento do velho homem. E ao trazer novamente à superfície, representa ressurreição de uma nova pessoa em Cristo: “Ou não sabeis que todos quantos fomos batizados em Jesus Cristo fomos batizados na sua morte? De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte; para que, como Cristo ressuscitou dos mortos pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida” (Rm 6.3,4). A velha criatura nasce de novo para a vida eterna!

O batismo é simbólico, não salva; mas, crer no coração sim! A fé salva: “Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado” (Mc 16.16). Quem não crê, já está condenado por não confessar a fé em Jesus: “Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus” (Jo 3.18); “Aquele que crê no Filho tem a vida eterna, mas aquele que não crê no Filho não verá a vida, mas a ira de Deus sobre ele permanece” (Jo 3.36).

Jesus mandou se arrepender e crer no evangelho: “E dizendo: O tempo está cumprido, e o Reino de Deus está próximo. Arrependei-vos e crede no evangelho” (MC 1.15). O evangelho é o poder de Deus, que transforma aquele que crê em Jesus: “Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê, primeiro do judeu e também do grego. Porque nele se descobre a justiça de Deus de fé em fé, como está escrito: Mas o justo viverá da fé” (Rm 1.16,17).

Jesus mandou se arrepender dos pecados; que significa se converter a Cristo, renunciando às injustiças e idolatrias; aos vícios e costumes impróprios: “Desde então, começou Jesus a pregar e a dizer: Arrependei-vos, porque é chegado o Reino dos Céus” (Mt 4.17). Deus apaga o passado do crente e passa a fazer morada na vida do cristão: “Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham, assim, os tempos do refrigério pela presença do Senhor” (AT 3.19).

O batismo, não salva, mas é a partir da confissão de fé no batismo que recebemos o perdão e o dom do Espírito Santo para a salvação! Se cremos, temos comunhão com Deus e somos salvos: “Portanto, agora, nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito” (Rm 8.1).

Eloir Vieira

MAIS LIDAS