Rio Branco/AC – A Polícia Federal deflagrou, nesta quinta-feira (22/07/2021), na região do Alto Acre, especialmente nas cidades de Brasileia e Assis Brasil e no Estado do Paraná, a Operação CARGA SEGURA. O objetivo é combater um esquema de evasão de divisas constatado nos últimos anos, que vem ocorrendo na fronteira do Brasil com os países Peru e Bolívia, com saída pelas cidades de Assis Brasil, Epitaciolândia e Brasileia, envolvendo o transporte de carga de alto valor, o que acaba comprometendo a política cambial do Brasil e gerando prejuízos ao Estado.

Estão sendo cumpridos ao todo sete mandados de busca e apreensão, sendo quatro deles em empresas e residências localizadas nos municípios de Brasileia e Assis Brasil (AC) e três no município de Quatro Barras, no Paraná. Quatro pessoas foram intimadas a prestarem esclarecimentos sobre os fatos. Os trabalhos contam com a participação de 28 policiais federais.

A investigação teve início em maio de 2020, a partir de um flagrante, em que se apreendeu vultuosa soma de dinheiro. Posteriormente, apurou-se que não se tratava de caso isolado, mas que seria, em verdade, o meio empregado um modus operandi para saída de valores do território nacional, facilitada por um grupo de pessoas e empresas instaladas na região da fronteira, responsáveis por operacionalizar o esquema, atuando como despachantes do crime.

Em princípio, tais valores seriam para custear o pagamento da escolta das cargas de alto valor na travessia pelos países andinos, dentre outros objetivos a serem comprovados ao final da investigação.

Os envolvidos estão sendo investigados pelo crime de evasão de divisas, previsto no art. 22, § único, da Lei nº 7.492, de 16 de junho de 1986, o qual prevê até 06 anos de pena de reclusão.

Comunicação Social da Polícia Federal no Acre

Contato: (68) 3212-1200 / 3212-1211/ 3212-1213
E-mail: [email protected]

Comentários