Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciou no sábado (1), a Operação Maio Amarelo 2021, com previsão de término no último dia de maio. 

Durante este período, a PRF emprega o tema do Movimento Maio Amarelo “A responsabilidade é o papel de cada um no trânsito”, reforçando as fiscalizações e unindo esforços para a redução da violência no trânsito.

Em Mato Grosso do Sul são 4.095 quilômetros de rodovias federais, 9 Delegacias e 23 Unidades Operacionais, que irão intensificar suas atividades de segurança viária e educação para o trânsito durante este período.

Em 2020, a PRF registrou 1.540 acidentes, 390 considerados graves. 1.703 pessoas ficaram feridas e 139 morreram nas rodovias federais de Mato Grosso do Sul. Já em 2021, de janeiro a 25 de abril, a Polícia Rodoviária Federal registrou 481 acidentes, 128 graves. 533 pessoas feridas e 33 óbitos. No mesmo período de 2020, temos 432 acidentes, 105 graves, 490 feridos e 31 óbitos.

Também de janeiro a abril de 2021, a PRF registrou mais de vinte seis mil autos de infração, sendo a maior parte por excesso de velocidade e ultrapassagens indevidas. 

Operação na região do Bolsão

Coxim, Paranaíba e Três Lagoas

Na última segunda-feira (26), a PRF/MS realizou a Operação Bolsão MS, com término na quinta-feira (29) e foco na fiscalização, foi principalmente em motocicletas e caminhões com excesso de peso. Durante os quatro dias, os policiais rodoviários federais fiscalizaram 296 caminhões e 198 motocicletas. 399 infrações foram aplicadas, 65 por ultrapassagens indevidas e 60 pelo não uso do cinto de segurança. 

Fonte: PRF MS

Comentários