28 C
Ponta Porã
quarta-feira, 28 de fevereiro, 2024
InícioWilson AquinoPensem Celestial, por Wilson Aquino

Pensem Celestial, por Wilson Aquino

Wilson Aquino*

Prestes a completar 100 anos, em setembro de 2024, o presidente de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, Russell M. Nelson dá a “receita” da longevidade com qualidade de vida, não apenas para os membros da igreja, mas para todo o mundo. Ele afirma que a mortalidade é como um curso de mestrado em que aprendemos a escolher as coisas de maior importância eterna. E que um número enorme de pessoas vive como se não existisse nada além desta vida. “Contudo, suas escolhas de hoje determinarão três coisas: onde viverão por toda eternidade, o tipo de corpo com o qual ressuscitarão e as pessoas com quem viverão para sempre. Portanto, pensem celestial”, aconselha.

Ou seja, tornem o Reino Celestial sua meta eterna e, depois, ponderem cuidadosamente onde cada uma de suas decisões aqui na Terra os colocarão no mundo vindouro.

Ora, se acreditamos em Deus, na eternidade e que devemos levar uma vida reta, com base nos ensinamentos e mandamentos de Jesus Cristo para sermos salvos e dignos de viver ao lado do Pai e Dele, nosso Salvador, é mais que conveniente e necessário seguir o conselho do presidente, e “pensar celestial” em todos os momentos de nossas vidas.

Ao fazermos nossas escolhas no dia a dia, ele nos convida a realizarmos isso sempre buscando a perspectiva mais longa – a perspectiva eterna, colocando Jesus Cristo em primeiro lugar, pois sua vida eterna depende de sua fé Nele e na Sua expiação.

Ela, a vida eterna, também depende de sua obediência às leis do Senhor, pois é ela que pavimenta o caminho para uma vida saudável e alegre hoje e uma grandiosa e eterna recompensa amanhã.

Russel M. Nelson trouxe à tona um sábio e profético conselho na Conferência Geral da igreja, em outubro deste ano: “Ao se deparar com um dilema, prensem celestial! Ao serem testados com uma tentação, pensem celestial! Quando a vida ou entes queridos os decepcionarem, pensem celestial! Quando alguém morrer prematuramente, pensem celestial! Quando alguém sofre por um longo tempo com uma doença devastadora, pensem celestial! Quando as pressões da vida os cercarem, pensem celestial! Ao se recuperarem de um acidente ou uma lesão, pensem celestial!”

Ao considerarmos a longevidade com qualidade de vida, esse líder religioso nos lembra de que cada escolha, por menor que pareça, pode ter um impacto eterno. Não se trata apenas de viver uma vida reta, mas de viver de acordo com princípios que transcendem esta existência. A perspectiva de pensar celestial nos guia não apenas para o agora, mas para o que está além deste mundo.

Quando enfrentamos dilemas, tentações ou momentos difíceis, a orientação de “pensar celestial” nos leva a buscar uma sabedoria superior, a confiar na ajuda divina e a encontrar consolo nas dificuldades. Essa mentalidade nos convida a olhar para Jesus Cristo como exemplo supremo e a basear nossas ações e decisões nos ensinamentos que Ele nos deixou.

Outro aspecto crucial é a libertação de vícios e obsessões que se tornam barreiras entre nós e a divindade. Essas distrações nos afastam do caminho celestial, nos impedem de avançar espiritualmente e nos tornam dependentes de algo que não é digno de nossa devoção. A busca por ajuda espiritual e profissional é encorajada para superar esses obstáculos.

A mentalidade celestial também nos concede uma nova visão das adversidades e das críticas à nossa fé. Nos momentos de oposição, é um lembrete para permanecer firmes, confiantes e não deixar que as dúvidas alheias abalem nosso testemunho. Isso significa confiar na orientação daqueles que são fonte confiável, dos líderes espirituais e das inspirações divinas.

E, por fim, a preparação para resistir às mentiras e aos enganos que podem surgir é crucial. Estar preparado espiritualmente, buscando a orientação do Espírito Santo e investindo na capacidade de receber revelação pessoal, é fundamental para discernir a verdade em meio à confusão, explica o presidente Russell M. Nelson.

Pensar celestial não é apenas uma sugestão para momentos difíceis; é uma maneira de viver que molda cada aspecto de nossa existência. Ao adotar essa perspectiva, estamos direcionando nossas vidas não apenas para um propósito terreno, mas também para a eternidade que acreditamos existir.

*Jornalista e Professor