No final da manhã deste sábado (10/07), Policiais Militares lotados no município de Aral Moreira, pertencentes à área do 4º Batalhão de Polícia Militar de Ponta Porã realizavam policiamento de fiscalização de trânsito, quando uma mãe se aproximou dos policiais.

Desesperada, a mãe pedia socorro, pois sua filha de apenas 15 dias de vida estava asfixiada, sem conseguir respirar, pois estava engasgada.

Rapidamente um dos policiais que compunham a guarnição pegou o bebê e utilizou a manobra de Heimlich, realizando a técnica até a desobstrução.

A manobra de Heimlich é considerada o melhor método de desobstrução de vias aéreas e é facilmente aplicável e comumente disseminada em serviços de treinamento a primeiros socorros. Basicamente ela conduz a tosse induzida que leva a desobstrução das vias aéreas.

Após o policial realizar a técnica, ouviu-se o choro do bebê voltando a respirar normalmente. Em seguida, os policiais encaminharam mãe e filha ao hospital municipal aonde a vítima foi atendida e passa bem.

Uma testemunha da ação policial registrou imagens em vídeo no momento da atuação o qual foi difundido por ele mesmo, gerando repercussão na mídia do município de Aral Moreira neste sábado.

Fonte: PM – MS

Comentários