Buraco foi encontrado em muro e caminhonete localizada abandonada com corda de 8 metros.

A Polícia paraguaia transferiu três presos que cumpriam pena no presídio de Pedro Juan Caballero, na fronteira com Ponta Porã, depois de descobrir plano de fuga de quatro criminosos que teriam ligação com o PCC. Além da remoção, alerta foi emitido na linha entre Brasil e Paraguai e a segurança reforçada na região.

Foram transferidos os paraguaios Mário Saul Perez Escobar, de 27 anos, Denis Joel Martinez Cohene, de 22 anos, e Andres Francisco Congo Alfonso, de 31 anos, presos por furto, furto e tentativa de homicídio. Eles estavam em diferentes delegacias e foram levados para a Penitenciária Regional de Concepción.

A polícia paraguaia acionou forças de segurança de Ponta Porã e reforçou o policiamento na linha de fronteira e também na região para onde os criminosos foram levados. Carros blindados, fuzis e equipe de agentes foram enviados para os locais, onde toque de recolher foi implantado.

Após investigações, agentes descobriram  buraco de aproximadamente 50 centímetros na parede da penitenciária. Próximo, uma caminhonete abandonada onde foram localizados um gancho de metal envolto em tecido, mochila com uma corda trançada com cerca de oito metros de comprimento, celular e alicate.

Fonte: Campograndenews

Comentários