Na noite de domingo (24/10), por volta das 21h, uma Equipe Policial Militar do distrito de Itamarati/4º BPM, foi acionada via telefone funcional por moradores do distrito para atender uma ocorrência de perturbação do trabalho e sossego alheio, na vila secador, segundo as informações repassadas, haviam vários veículos estacionados em frente a um lochttp://vila secadoral comercial e estavam com o som em volume muito alto.

No local dos fatos, os Policiais Militares constataram a veracidade das informações repassadas via funcional, foi notado que o excessivo volume do som estava instalado na carroceria de um VW Saveiro, com placas de Ponta Porã/MS, sendo duas caixas com alto-falantes de 12 polegadas, quatro cornetas, dois twiter e um modulo de som de 6.500 rms.

Foi informado ao condutor do veículo, um homem de 21 anos (autor), que o equipamento de som será apreendido e encaminhado à Delegacia de Polícia Judiciaria em Ponta Porã, para os procedimento cabível, quando o autor e passageiro de 19 anos, questionaram a abordagem Policial Militar, afirmando que o pai dele é “conhecido” e que não iria acompanhar a Equipe Policial até a delegacia, quando ele foi informado que se continuasse a desobedecer a ordem legal, seria conduzido na viatura por desobediência.

Prontamente os envolvidos entenderam a mensagem e o autor foi apresentado no 1º Distrito Policial juntamente com o equipamento de som.

Assessoria de Comunicação Social do 4º BPM/CPA 1.

Ponta Porã: Mesmo tendo "pai conhecido", jovem tem equipamento de som apreendido por perturbação do sossego

Comentários