27 C
Ponta Porã
quarta-feira, 28 de fevereiro, 2024
InícioSaúdeVacina da dengue será distribuída para 33 municípios na primeira etapa

Vacina da dengue será distribuída para 33 municípios na primeira etapa

Os primeiros vacinados serão crianças de 10 e 11 anos, e conforme for chegando mais doses, mudarão as idades

As vacinas contra a dengue, que devem chegar ainda esta semana em Mato Grosso do Sul, serão distribuídas para 33 municípios que compõem a macrorregião de saúde de Campo Grande. O Ministério da Saúde ainda não informou o horário da chegada do imunizante que pode acontecer entre esta sexta-feira (9) até a próxima segunda-feira (12).

A SES (Secretaria Estadual de Saúde) vai receber 41.783 doses do Ministério da Saúde referente a 1ª remessa para operacionalização da estratégia de vacinação contra a Dengue.

A distribuição foi determinada com base em três critérios principais: o ranqueamento das regiões de saúde e municípios; o quantitativo necessário de doses para a população-alvo conforme a disponibilidade (prevista pelo fabricante) e o cálculo do total de doses a serem entregues em uma única remessa ao município.

A Secretaria reitera que cada município terá a sua estratégia de vacinação e que pode sofrer alteração ao longo da campanha.

De acordo com a coordenadora de Imunização da SES, Ana Paula Rezende Goldfinger, assim que as vacinas chegarem ao Estado estarão prontas para serem retiradas pelos municípios contemplados: “Vamos entregar assim que chegar ao Estado para o município que puder vir buscar”.

Público-alvo – Neste primeiro momento, o público-alvo serão crianças de 10 e 11 anos. “Iniciaremos a campanha de vacinação de forma gradativa. Vai iniciar ofertando para crianças e adolescentes de 10 e 11 anos, assim que o Ministério da Saúde repor essas doses, for enviando novas remessas, vamos aumentando de forma escalonada”, explicou Ana Paula.

O Ministério da Saúde escolheu o público entre 10 e 14 anos por terem a maior taxa de hospitalização por dengue, depois de pessoas idosas, para as quais a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) não liberou a Qdenga.

O esquema vacinal é composto por duas doses com intervalo de três meses entre elas. A recomendação é que a vacinação seja iniciada pela administração de D1. As demais doses para D2 serão enviadas posteriormente.

Veja abaixo os municípios e a quantidade de doses:

Campo Grande (24.639 doses);
Aquidauana (1.460);
Sidrolândia (1.435);
Maracaju (1.223);
Chapadão do Sul (945);
Coxim (929);
Miranda (883);
São Gabriel do Oeste (834);
Costa Rica (771);
Nova Alvorada do Sul (764);
Ribas do Rio Pardo (746);
Anastácio (739);
Jardim (731);
Bonito (715);
Bela Vista (683);
Rio Verde de Mato Grosso (549);
Terenos (506);
Porto Murtinho (463);
Sonora (434);
Nioaque (390);
Dois Irmãos do Buriti (338);
Camapuã (338);
Guia Lopes da Laguna (297);
Bodoquena (269);
Bandeirantes (221);
Jaraguari (209);
Paraíso das Águas (184);
Pedro Gomes (182);
Corguinho (161);
Rochedo (156);
Caracol (149);
Rio Negro (129);
Alcinópolis (115);
Figueirão (108).

Fonte: Campograndenews