Campograndenews

Rapaz ainda tentou fugir por área de pasto próximo a batalhão da Polícia Militar.

Homem de 35 anos foi preso neste domingo (28), em Deodápolis – distante 252 quilômetros de Campo Grande -, depois de furar barreira sanitária da covid-19, saltar do Honda Civic recheado com meia tonelada de maconha em movimento e tentar fugir pelos fundos de um batalhão da Polícia Militar.

Segundo registro policial, o homem não respeitou a ordem de parada na barreira montada no distrito de Lagoa Bonita, por volta das 8h30min, e disparou em alta velocidade. A Polícia Militar foi acionada e encontrou o Honda Civic, cor branca, próximo ao terminal rodoviário da cidade.

O motorista notou a aproximação dos policiais e rumou em alta velocidade na direção do 2º Pelotão da PM de Deodápolis, próximo de onde o rapaz saltou do veículo em movimento e tentou fugir a pé em área de pasto atrás do batalhão.

Um policial civil deteve o homem, que disse aos agentes de segurança ter recebido o veículo em Ponta Porã. O Civic levava 573 quilos de maconha distribuídos em 27 volumes. A erva, segundo o preso, seria levada ao distrito de Ipezal, no município de Angélica.

Após verificação, policiais identificaram que o veículo era produto de roubo no estado de São Paulo e levava placas adulteradas.

Na delegacia de Deodápolis, o homem relatou aos policiais contato com a cunhada, que testou positivo para novo coronavírus. Ele foi submetido a teste rápido, que acusou negativo para a infecção. O rapaz será submetido a novo exame dentro de uma semana.

Comentários