19.4 C
Ponta Porã
domingo, 3 de julho, 2022
InícioPolíticaAssistência SocialVera oliveira destaca ações da Assistência Social em sessão na Câmara Municipal...

Vera oliveira destaca ações da Assistência Social em sessão na Câmara Municipal de Ponta Porã

A secretária municipal de assistência social, Vera Oliveira, fez o uso da Tribula Livre na Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Ponta Porã nesta terça-feira. O convite para a Tribuna Livre foi feito pela vereadora Kamila Alvarenga, prontamente atendida pela secretária Vera Oliveira.

Durante sua fala na Tribuna Livre, Vera Oliveira destacou o trabalho realizado pela prefeitura de Ponta Porã na Assistência Social. “O prefeito Hélio Peluffo tem nos dado totais condições para que toda a equipe da assistência realize o melhor. Graças ao trabalho e atenção que o prefeito Hélio tem dado, nós podemos dizer que o município realiza um trabalho de real assistência a nossa população. Muitas vezes uma equipe pode ter boa vontade para trabalhar, para realizar, mas a estrutura não possibilita um atendimento adequado. Aqui não temos esses problemas, o prefeito Hélio nos possibilita a trabalhar de forma mais humana, com condições para que nós possamos atender nossa população, principalmente a mais carente. Hoje o município tem arcado com mais de 90% dos investimentos na assistência social, com recursos próprios. Isso mostra o comprometimento do prefeito Hélio com a população”, afirmou.

Vera Oliveira também destacou a parceria dos vereadores de Ponta Porã com a secretaria de assistência social. “Podemos observar que todos os vereadores são parceiros da secretaria de assistência. Tanto nos encaminhamentos de usuários que não podemos alcançar, quanto no trabalho conjunto que da o suporte necessário para que a assistência melhore cada vez mais em nossa cidade. Essa parceria com os vereadores, esse trabalho em conjunto é fundamental para um atendimento mais humano”.

A secretária falou dos trabalhos desenvolvidos pela assistência social e abordou o tema sobre população de rua e as dificuldades de retirada de muitas pessoas dessa situação “Ninguém vai morar na rua porque quer, existem vários fatores e muitas vezes isso foge da alçada do trabalho da assistência social. Muitas vezes não temos poder de retirar pessoas de semáforos, de lugares onde estão aglomerados um certo número de pessoas que pedem dinheiro. Tem que haver uma investigação policial, as vezes existem pessoas que podem estar sendo explorada e isso já não é mais uma atribuição de secretaria, da politica de assistência. O que nos podemos pedir é que a população pare de dar esmolas. Quando se dá esmola, você acaba reforçando essas pessoas a uma condição injusta, desigual. E quando você encaminha para o serviço, se torna possível oferecer a essas pessoas um mundo de oportunidades, além da rua e dessas situações que elas vivem”, finalizou Vera Oliveira.

* Assessoria de Comunicação

MAIS LIDAS