Ponta Porã, Segunda-feira, 27 de março de 2017
22/12/2016 16h

Artigo: Como era a família de Jesus?

Por: Eloir Vieira

Divulgação: Dora Nunes
 
 

"Não é este o filho do carpinteiro? E não se chama a sua mãe Maria, e seus irmãos, Tiago, e José, e Simão, e Judas? E não estão entre nós todas as suas irmãs? Donde lhe veio, pois, tudo isso?" (Mateus 13.55-56). Segundo a Bíblia, Jesus teve quatro irmãos homens e mais de uma irmã mulher. Os fariseus se admiravam com o conhecimento e com os milagres que Jesus realizava: "Não é este o filho do carpinteiro? E não se chama a sua mãe Maria, e seus irmãos, Tiago, e José, e Simão, e Judas? E não estão entre nós todas as suas irmãs? Donde lhe veio, pois, tudo isso?" (MT 13.55-56). Certa vez, "mãe e irmãos de Jesus" queriam falar-lhe: "E foram ter com ele sua mãe e seus irmãos e não podiam aproximar-se dele, por causa da multidão" (LC 8.19).

Tiago "irmão de Jesus", não foi apóstolo. Ele e os demais irmãos eram incrédulos: "Porque nem mesmo seus irmãos criam nele" (Jo 7.5). Seus familiares achavam que Jesus estava louco: "E, quando os seus parentes ouviram isso, saíram para o prender, porque diziam: Está fora de si" (Mc 3.21). Tiago se converteu depois que Jesus apareceu para ele ressuscitado, aparecendo também para os seus apóstolos: "Depois, foi visto por Tiago, depois, por todos os apóstolos" (1Co 15.7).

Depois da morte e ressurreição de Jesus, todos os seus irmãos se converteram; a família toda se uniu aos discípulos para orar: "Todos estes perseveravam unanimemente em oração e súplicas, com as mulheres, e Maria, mãe de Jesus, e com seus irmãos" (At 1.14). O apóstolo Paulo disse: "Depois, passados três anos, fui a Jerusalém para ver a Pedro e fiquei com ele quinze dias. E não vi a nenhum outro dos apóstolos, senão a Tiago, irmão do Senhor" (Gl 1.18,19). Tiago, "irmão do Senhor", se tornou um grande líder na Igreja de Jerusalém. Quando Pedro foi solto da prisão mandou que o avisassem: "E, acenando-lhes ele com a mão para que se calassem, contou-lhes como o Senhor o tirara da prisão e disse: Anunciai isto a Tiago e aos irmãos. E, saindo, partiu para outro lugar" (At 12.17). Tiago, Cefas e João eram considerados como as colunas (Gl 2.9).

Tiago era o pastor da igreja de Jerusalém e fez a proposta que dividiu cristianismo e judaísmo: At 15.12-21. Sua epístola deve ter sido o primeiro livro do NT, na década de 40, no 1º século. Tiago, o "irmão do Senhor" (Mt 13.55; Mc 6.3; Gl 1.19) não foi apóstolo. Os dois Tiagos apóstolos, são: Um filho de Zebedeu, irmão do também apóstolo João (Mt 10.2); martirizado por Herodes (At 12.2). E o filho de Alfeu (Mt 10.3) ou Cleopas, ou Clopas e de Maria (a irmã de Maria, mãe de Jesus): (Jo 19.25); este é primo de Jesus, "chamado Tiago, o menor" (Mc 15.40). "Ora, os nomes dos doze apóstolos são estes: O primeiro, Simão, chamado Pedro, e André, seu irmão; Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão; Filipe e Bartolomeu; Tomé e Mateus, o publicano; Tiago, filho de Alfeu, e Lebeu, apelidado Tadeu; Simão, o Zelote, e Judas Iscariotes, aquele que o traiu" (Mt 10.2-4). Jesus foi o primogênito (primeiro filho): "E não a conheceu até que deu à luz seu filho, o primogênito; e pôs-lhe o nome de JESUS" (Mt 1.25). Esta foi a família terrena de Jesus Cristo de Nazaré! Deus o abençoe!

Envie seu Comentário