Ponta Porã, Quarta-feira, 17 de janeiro de 2018
20/08/2014 15h20

Conjecturas com Carlos Monfort

Confira a coluna dessa quarta-feira, dia 20

Divulgação: Dora Nunes
 

CONJECTURAS

REPRESENTANTE

  • Conversamos com um interlocutor bem próximo ao prefeito Ludimar Novais (PPS) e ele disse que o Chefe do Executivo quer resgatar todo o tempo perdido em que Ponta Porã ficou sem representação política na esfera estadual.

“O prefeito entende que a cidade já foi prejudicada em demasia e portanto, a eleição de um deputado estadual de Ponta Porã é ponto de honra para o prefeito”, disse Reginaldo Almeida, secretário de Relações Institucionais da administração municipal.

“O prefeito se despiu de qualquer vaidade política e coloca acima de tudo, os interesses de Ponta Porã. Não pode mais acontecer o que ocorreu em um passado recente, quando por vaidades pessoais, a cidade foi prejudicada e até hoje perde, e muito, em termos políticos a falta de um representante na Assembleia Legislativa”, disse o secretário.

APOIO

  • O candidato a deputado estadual Álvaro Soares (PT do B), com isso consegue o importante apoio das duas principais lideranças políticas com mandato no município. A do prefeito Ludimar Novais e do presidente da Câmara, Agnaldo Miudinho (DEM), além de outros vereadores que entraram no projeto.

Não deixa de ser uma guinada de 360º no cenário político eleitoral em Ponta Porã, pois o prefeito oficialmente incorpora o candidato Álvaro Soares a seu grupo político.

BARRACO

  • William Bonner, o âncora do Jornal Nacional, o telejornal de maior audiência da TV brasileira, conseguiu fazer a presidente Dilma Rousseff sair dos tamancos. Inclusive a presidente visivelmente nervosa, tirou os sapatos durante a entrevista na noite de segunda-feira.

Ninguém em sã consciência acreditava que isso poderia ocorrer. Quando anunciaram que a entrevista seria nos domínios do Palácio do Planalto, pensei que seria ‘mamão com açúcar’. Ledo engano. Encurralaram legal a presidente-candidata.

AINDA SEM MARINA

  • A primeira propaganda eleitoral televisiva exibida pela equipe da campanha presidencial do PSB, exibida ontem (19), apresentou depoimentos do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, candidato da legenda que morreu em um acidente aéreo na última quarta-feira (13).

A peça traz diversas imagens de Campos em visitas a fábricas, hospitais e em comícios. São usados vídeos da campanha e de arquivo.

Sua então vice na chapa, Marina Silva, que deve assumir a candidatura do partido nesta quarta-feira (20), aparece ao lado do presidenciável em diversos momentos, mas não é citada nominalmente. O ex-governador narra a propaganda, que não usa vozes de locutores ou de outros políticos.

Envie seu Comentário