Ponta Porã, Quarta-feira, 24 de janeiro de 2018
19/10/2017 09h50

Fundo global da Philip Morris International vai financiar iniciativas contra o mercado ilegal e crimes relacionados

No Brasil, projetos devem ser direcionados à região da Tríplice Fronteira

Divulgação
 

A Philip Morris International anunciou o início do recebimento de propostas para o PMI IMPACT, uma iniciativa global de US$ 100 milhões, que visa financiar projetos contra o comércio ilegal. Os trabalhos desenvolvidos por organizações privadas, públicas ou não-governamentais, além de outras instituições interessadas, podem ser submetidos até o próximo dia 15 de novembro.

Esta é a segunda rodada de financiamentos do PMI IMPACT, que se concentrará em iniciativas focadas em diferentes formas de comércio ilegal e crimes relacionados, como corrupção, lavagem de dinheiro e organizações criminosas.

Os projetos podem ser implementados em qualquer lugar do mundo, mas devem ter impacto em uma ou mais das seguintes áreas geográficas: Tríplice Fronteira da América do Sul (formada por Brasil, Paraguai e Argentina), Europa Oriental, Oriente Médio, África do Norte, América Central, Sul e Sudeste Asiático.

As iniciativas submetidas serão avaliadas pelo Conselho de Especialistas do PMI IMPACT. Mais informações e inscrição dos projetos podem ser obtidas em http://www.pmi-impact.com/Apply/How.

Durante conferência de dois dias sobre Combate ao Comércio Ilegal, realizada na semana passada com o apoio do PMI IMPACT, em Londres, especialistas de instituições públicas, policiais, setor privado e sociedade civil alertaram para o fato desta atividade ocorrer de diferentes maneiras - do contrabando e falsificação de mercadorias ao tráfico de pessoas, passando pelo comércio de drogas ilícitas, armas e animais selvagens. As atividades ilegais são frequentemente interligadas e convergem, uma vez que os criminosos exploram as mesmas rotas e modos de operação em grande escala.

"Esperamos receber propostas de ponta, que ajudarão as organizações privadas e públicas a melhorar seus conhecimentos e eficiência na luta contra essas atividades, que são uma preocupação crescente em todo o mundo", afirmou Alain Juillet, membro do PMI IMPACT Expert Council.

Philip Morris International Inc.

A PMI é uma das empresas internacionais líderes no setor de tabaco, com seis das 15 principais marcas e produtos comercializados em mais de 180 mercados. Além da fabricação e venda de cigarros, incluindo Marlboro, a marca mundial de cigarros número um, e outros produtos de tabaco, a PMI está empenhada no desenvolvimento e comercialização de produtos de risco reduzido ("RRPs"). RRPs é o termo utilizado pela PMI para identificar produtos que apresentam, podem apresentar ou têm o potencial de apresentar menor risco de danos aos fumantes que mudam para estes produtos na comparação com o tabagismo continuado. Através de capacidades multidisciplinares no desenvolvimento de produtos, instalações de última geração e liderança na fundamentação científica no setor, a PMI pretende oferecer um portfólio de RRP que atenda um amplo espectro de adultos fumantes e exigências de regulamentação rigorosas. Para mais informações, acesse www.pmi.com e www.pmiscience.com.

Envie seu Comentário