Ponta Porã, Terça-feira, 23 de janeiro de 2018
24/11/2017 06h20

Compras: Black friday reserva opção de negócios e também armadilhas

Saiba como evitar para não cair em golpes.

Correio do Estado
 
 
Propaganda da black friday no Centro de Campo Grande - Foto: Gerson Oliveira / Correio do Estado Propaganda da black friday no Centro de Campo Grande - Foto: Gerson Oliveira / Correio do Estado

Comércio campo-grandense aposta em horário especial de funcionamento e descontos de até 84% em produtos e serviços para atrair o consumidor nesta Black Friday e movimentar R$ R$ 114 milhões em vendas durante a data, conforme projeção do levantamento do Instituto de Pesquisa Fecomércio.

Em uma rede de supermercados da Capital, o Extra, a megapromoção começou com um dia de antecedência, com direito a ofertas antecipadas para clientes por aplicativo para celular.

Já os shoppings centers funcionarão em horário diferenciado hoje. O Norte Sul Plaza abre mais cedo — das 8h às 22h, com nove lojas em plantão especial Black Friday, abertas desde as 23h59 de ontem até as 23h59 desta sexta — e o Campo Grande terá funcionamento estendido para as lojas, das 10h até as 23h.

No Pátio Central Shopping, que também promove sua campanha de descontos hoje, o atendimento das lojas vai das 8h às 19h.

Entre as ofertas em destaque no Shopping Campo Grande, o consumidor poderá encontrar desconto de até 84% na capa transparente com película de vidro para celular da My Box, de R$ 60,00 por R$ 9,90; além de sapatos no modelo Oxford da Ana Capri de R$ 219,00 por R$ 50,00 (-77,1%).

Ainda no segmento vestuário, o vestido de verão Perfecty saiu de R$ 99,99 para R$ 29,99 (-70%). Para os homens, algumas opções são camisa polo Men’s por R$ 99,90 (60% de desconto) e camisa manga longa Townley por R$ 139,00 (37% de desconto). Na linha infantil, bermuda masculina Hering Kids, de R$ 79,99 por R$ 29,99 (-63%) e calça Marisol de R$ 39,90 por R$% 19,95 (-50%).

Para o Shopping Norte Sul Plaza, os descontos chegam a 70% e na Black Friday do centro comercial, os aparelhos celulares estarão com descontos de até R$ 700, dependendo do modelo.

O Iphone 8 Plus, de 64 GB sairá de R$ 4.399,00 por R$ 3.899,00 (-11,3%); já o Iphone 7, de 32 GB, terá desconto de R$ 600,00 (-18,7%), saindo a R$ 2.599,00 e na compra do Iphone 6, também com 32 GB, a economia chega a R$ 700 (-28%), por R$ 1.799,00.

Já no Pátio Central Shopping, há biquínis na Acquarela com desconto de 40% e confecção em geral com descontos de 20% a 50%; óculos e relógios com descontos de 30% a 50% na Chilli Beans ( peças a partir de R$ 99,00); descontos de até 60% na Le Postiche (peças a partir de 49,99 - nécessaire); Baummer Semijoias com descontos de até 70% (peças a partir de R$18,00); Pitanga Morena tem descontos de até 70% (peças a partir de R$ 40,00), entre outros.

 
Propaganda de promoções estão em várias lojas. Foto: Gerson Oliveira/Correio do Estado Propaganda de promoções estão em várias lojas. Foto: Gerson Oliveira/Correio do Estado

ORIENTAÇÃO

A Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon-MS) estará com plantão de atendimento na região central e também funcionários circulando nos centros comerciais, para prestar atendimento à população, tirar dúvidas e evitar que a Black Friday se transforme "num engodo" para o consumidor, alerta o superintendente da instituição, Marcelo Salomão.

A van do Procon estará atendendo a população durante a Black Friday na Rua Barão do Rio Branco, entre a 14 de Julho e Calógeras.

No local, a população terá acesso a orientações sobre as relações de consumo e também poderá formalizar reclamações no escritório móvel do Procon Estadual. As irregularidades também podem ser levadas por meio do endereço eletrônico www.procon.ms.gov.br e também pelo número 151.

SUPERMERCADOS

Supermercados esperam alta de até 30% nas vendas com a Black Friday e promoções na semana que antecedeu a data.

É o caso do Assaí Atacadista, que pela primeira vez aderiu à campanha, realizando uma semana especial de ofertas e prêmios para aproveitar o apelo comercial gerado pelo tradicional evento anual de vendas do comércio.

Entre os dias 20 e 24 de novembro, informou a assessoria de imprensa, a rede espera crescer mais de 20% em vendas, na comparação com a semana anterior.

A grande aposta em vendas é no segmento de bebidas (vodcas, vinhos, whiskies e refrigerantes) e em eletroportáteis, novidade nas lojas do Assaí. Além das ofertas, os clientes que comprarem acima de R$ 100 no período concorrerão a um Fiat Toro 0 km.

O Walmart, que promove pela sétima vez a Black Friday em território nacional, traz mais de 1 mil itens em promoção na data, que concentra a maior venda do ano em eletro e telefonia para a rede.

No ano passado, informou, a categoria que registrou o maior crescimento nas vendas no período, ante o mesmo evento passado, foi de televisores, com incremento de 10%.

Para este ano, a expectativa é superar esse índice. Já em smartphones, a expectativa é registrar um aumento de 30% nas vendas em relação à Black Friday do ano passado.

Entre as apostas da empresa, estão também notebooks, portáteis e bebidas quentes. Conforme a assessoria de imprensa do Wal Mart, todas as seções estarão com produtos dentro da campanha hoje, incluindo alimentos, itens de bazar, celulares, informática e confecção.

DICAS

Seguem as principais orientações do Procon/MS:

1) Planeje o seu gasto, tenha foco. Não se impressione com as contagens regressivas dentro das lojas e outras estratégias de marketing, compre só ó que precisa, para não entrar no superendividamento.

2) Sempre tenha em mãos o tablóide de promoções, essa é a sua prova de que o preço promovido realmente é o praticado pela loja.

3) Pesquise bastante antes de comprar. "Essa é a condição "sine qua non" (indispensável) para a compra", destaca o superintendente do Procon.

4) Tenha cuidado com as promoções enganosas e não deixe a compra para a última hora, por simples impulso. Também não vá às compras sozinho. É bom compartilhar as decisões com alguém, principalmente os idosos devem ir acompanhados de alguém de confiança.

5) Verifique se a descrição do produto condiz com a publicação anunciada, se não tem avaria. Teste antes de comprar, lembrando que a loja é obrigada a fazer o teste. O produto também deve ter selo do Inmetro, prazo de validade e todas as informações importantes devem estar corretas.

6) Atenção com os avisos como "na promoção, não troca o produto". "Mesmo em Black Friday, isso não exclui os direitos de troca que estão no Código do Consumidor em caso de defeito", ressaltou. Se for eletroeletrônico, vale o direito de 30 dias para reparo e se passar de 30 dias para o serviço de assistência técnica, deve ser feita troca do produto ou devolução do dinheiro pago.

7) Outro item importante é a garantia. Se o consumidor compra, todos os participantes da cadeia (fabricante, revendedor, lojista) são fornecedores. "Peça nota fiscal, sempre, esse é um documento importante para garantir os seus direitos".

8) Trocas: procure informação antes sobre a política de trocas de compras da loja. "Cada uma tem a sua e se o produto não tiver vício nem defeito, a loja não é obrigada a fazer a troca".

9) Compras online: cuidado com os sites que oferecem compras com muitas vantagens. Observe se apresentam o cadeado de segurança e utilize os programas antivírus antes de fechar a compra.

Printe as telas das promoções, cheque também os comentários de usuários, para saber o que estão falando sobre a qualidade e o atendimento ao consumidor; consulte também se há reclamações contra aquela empresa em sites como o Reclame Aqui e o Consumidor.gov.

Nas compras não presenciais, o consumidor pode desistir do contrato, no prazo de 7 dias a contar de sua assinatura ou do ato de recebimento do produto ou serviço (é o chamado direito de arrependimento, garantido pelo artigo 49 do Código de Defesa do Consumidor).

10) Se houver irregularidades, denuncie. O número de contato do Procon-MS é o 151 e o endereço eletrônico, www.procon.ms.gov.br.

Envie seu Comentário