Ponta Porã, Terça-feira, 30 de maio de 2017
13/12/2016 15h50

Ponta Porã: Programa NERDS da Fronteira foi selecionado pela Sociedade Brasileira de Computação

O Programa NERDS já está lá, no endereço: http://sbc.org.br/chancela-sbc/programa-nerds-da-fronteira

Divulgação: Dora Nunes
 
 

O Programa de Extensão "NERDS da Fronteira", do Câmpus de Ponta Porã da UFMS, é um dos projetos selecionados pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC) para receber a Chancela da SBC. A notícia foi recebida com grande alegria e entusiasmo pela equipe da UFMS de Ponta Porã. De acordo com o diretor do campus, Amaury de Castro Jr., "a Chancela da SBC é um reconhecimento da Sociedade Brasileira de Computação, destinado a ações que levam a computação até crianças, adolescentes, terceira idade e públicos que não tenham contato com a área na educação formal, aproximando a computação da sociedade brasileira", afirma Amaury.

Segundo ele, "os projetos considerados inovadores, seja de caráter educativo, social, cultural ou tecnológico recebem a Chancela da SBC e uma ampla divulgação através dos meios de comunicação da SBC, como: sítio oficial, redes sociais, microblog, correio eletrônico, listas, etc.".

O Programa NERDS já está lá, no endereço: http://sbc.org.br/chancela-sbc/programa-nerds-da-fronteira

Importante frisar que, em 2016, foram submetitdas 25 propostas para a Chancela da SBC. Dessas, apenas 11 foram selecionadas. O Programa NERDS da Fronteira, do Câmpus de Ponta Porã da UFMS, é uma delas.

"Nesse contexto, quero compartilhar a alegria dessa notícia, agradecendo e parabenizando cada uma das pessoas que contribuíram para que pudéssemos alcançar esse nível de reconhecimento e de apoio. Não vou citar nomes para não correr o risco de esquecer ninguém, pois TODOS foram importantes, no seu tempo e a seu modo para que essa ação pudesse alcançar a dimensão que tem hoje.", declarou o diretor do campus da UFMS em Ponta Porã.

"O Programa NERDS já está sendo replicado em algumas regiões do nosso estado e esperamos que surjam mais NERDS dentro e fora de Mato Grosso do Sul! Isso é fruto do trabalho de pessoas envolvidas e comprometidas com a ideia da ação! Parabéns!"

Amaury destaca que "em especial, parabenizo aos docentes e bolsistas que trabalharam nas diversas ações vinculadas e que materializam esses sonhos, às escolas que sempre apoiam e participam das atividades propostas, às secretarias de educação do estado e dos diversos municípios parceiros, aos Núcleos de Tecnologia Educacional estaduais e municipais, espalhados por todos o estado e aos professores e estudantes que participaram, participam e participarão das olimpíadas científicas e de tantas outras atividades propostas pelo programa".

"Enfim. Obrigado e parabéns a todos, sem exceção. A cada colaborador e a cada parceiro por todo o trabalho realizado, apoio concedido e colaboração desde o início do programa! Que em 2017, possamos ir ainda mais longe, mesmo diante de tantos obstáculos e desafios que tempos pela frente! Peço que continuem acreditando e apoiando essa ação, pois sem vocês, nada disse faria sentido!"

HISTÓRICO

O Programa NERDS da Fronteira iniciou as suas atividades em 2009 no campus de Ponta Porã da universidade através do trabalho realizado por bolsistas do Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES). Em 2011 e 2012, esta ação foi uma das ações de extensão da universidade contempladas com recursos financeiros do Programa de Extensão Universitária (Editais PROEXT 2011 e PROEXT 2012) do Ministério da Educação (MEC), investido em bolsas, apoio a realização e participação em eventos, aquisição de materiais permanentes e outros investimentos que estão dando suporte às diversas ações vinculadas ao Programa NERDS da Fronteira.

É um programa consolidado e com grandes resultados e que vem contribuindo, e muito, com a consolidação da presença da universidade no interior do estado, em especial na região de fronteira com o Paraguai. Portanto, dado o contexto em que são propostas as ações de extensão, a sua importância regional, os resultados e o histórico das ações vinculadas, demonstra-se a relevância deste programa para a universidade e para o estado de MS [CASTRO, 2011].

A criação do Programa NERDS da Fronteira, ligado ao campus de Ponta Porã da universidade, estimulou a organização e realização de ações de extensão vinculadas ao programa, colocando à disposição da comunidade do município, da região e em outros municípios do Estado de MS, um conjunto de atividades que proporcionou a ampliação da formação educacional, enfatizando a interdisciplinaridade e a multidisciplinaridade, com a aplicação em áreas permeadas pelas ciências exatas e pela computação, bem como na interação contínua dos acadêmicos, corpo docente, corpo técnico e comunidade local no planejamento e execução de projetos diversificados de atividades nas áreas de ensino, pesquisa e extensão com a sociedade local, através de iniciativas de extensão vinculadas com a área de atuação do grupo, tais como ensino idiomas, cursos e palestras técnicas, atividades culturais e recreativas.

Envie seu Comentário