Ponta Porã, Quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018
05/02/2018 07h20

Sete vence Corumbaense e reassume liderança do Grupo B

Em jogo fraco, Urso bate Operário no Douradão e entra no G4

GazetaMS
 
 
Kéverson deslocou o goleiro Carlão na cobrança de pênalti (Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense) Kéverson deslocou o goleiro Carlão na cobrança de pênalti (Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)

O equilíbrio entre os três principais times do Grupo B e mais uma vez a liderança muda de dono. Neste domingo, no Estádio Arthur Marinho, o Sete de Dourados venceu o Corumbaense por 1 a 0 e reassumiu a liderança da chave, posição que ocupou na primeira rodada, depois passou para o Águia Negra e, por último, o próprio Corumbaense. Com sete pontos, o time de Dourados acumula ainda a melhor campanha até agora da competição.

Em meio da disputa da Copa Verde e da Copa do Brasil, o técnico Douglas Ricardo preferiu poupar parte dos titulares neste domingo, por outro lado promoveu a estreia do volante Eduardo Arroz, liberado de suspensão. Sem o conjunto, o Corumbaense até teve mais posse de bola, mas quem chegou com perigo foi o Sete. Aos 28 minutos, em contra-ataque, Kéverson tocou por cima do goleiro Carlão, mas a bola raspou a trave pela esquerda antes de sair.

Aos 32, outra oportunidade do Sete marcar em falta sofrida pelo Cy na meia lua. A cobrança de Kéverson foi pela linha de fundo. Pouco depois, em jogada pela esquerda, Digão invadiu a área e foi derrubado por Neto. Pênalti que Kéverson cobrou com perfeição aos 42 minutos, sem chances para o goleiro Carlão, abrindo o placar.

Depois do intervalo, o Corumbaense voltou com pressão em busca do empate, mas aí o goleiro Diego, titular no título de 2017, mostrou porque a torcida do Carijó o reverenciou antes da partida. Em quatro minutos apareceu três vezes para evitar o empate. A pressão seguia e o Sete explorava os contra-ataques para tentar ampliar e Rafael Primo, aos 45, por pouco não marcou ao tocar na saída de Carlão, mas o jogo terminou mesmo 1 a 0 para os douradenses.

 
Renan desloca o goleiro para fazer o único gol da tarde no Douradão (Foto: Franz Mendes) Renan desloca o goleiro para fazer o único gol da tarde no Douradão (Foto: Franz Mendes)

Grupo B

No duelo dos últimos colocados do Grupo B, o Urso venceu o Operário AC neste domingo no Douradão por 1 a 0 neste domingo e assumiu a quarta posição agora com três pontos deixando os dourandenses na lanterna com apenas um.

Com apenas 178 torcedores na arquibancada, o Tigre apostava nos 10 dias de preparação sem atuar no Estadual para apresentar uma melhoria no padrão tático e técnico, mas com a bola rolando o domínio da bola pouco se trataduziu em chances reais de gols.

O discurso no intervalo era que a equipe não conseguiu colocar em prática o que foi treinado e com a somatória do forte sol em Dourados a produção não foi a esperada.

Na etapa final, o confronto seguiu fraco e sem muitas chances para os dois times. Apenas nos minutos finais o Urso ameaçou uma pressão com os douradenses assustando nos contra-ataques e desperdiçando boas oportunidades.

Quando tudo parecia que o jogo ficaria no 0 a 0, na última ação da tarde, Wilton Silva de Amorim anotou pênalti para os visitantes que foi convertdo pelo atacante Renan.

Com a vitória o Urso encerra o primeiro turno com três pontos em quatro jogos. Já o Tigre cai para lanterna e encerra o primeiro turno no próximo domingo para enfrentar o Sete no Douradão.

Com os resultados, o Sete lidera com sete pontos, seguido pelo Corumbaense com seis, Águia Negra com cinco, todos com três jogos disputados. O Urso agora tem três pontos e fecha a zona de classificação, enquanto o Operário AC, com apenas um está na lanterna.

Na próxima rodada, o Águia Negra recebe o Corumbaense no sábado (9), às 17h, no Estádio Ninho da Águia. No domingo (10), às 16h, no Estádio Douradão, o Sete enfrenta o Operario Atlético Clube.

Envie seu Comentário