20.7 C
Ponta Porã
terça-feira, 18 de junho, 2024
InícioPolíciaBrasileiro suspeito de furto de moto em Pedro Juan é preso

Brasileiro suspeito de furto de moto em Pedro Juan é preso

Na manhã desta quarta-feira (29), a Polícia do Departamento de Amambay, através da equipe da Delegacia Segunda do Bairro General Diaz, realizou a prisão de Eduardo Rodrigues da Silva, um brasileiro de 28 anos com um extenso histórico criminal. Silva foi identificado como o autor de um furto de motocicleta ocorrido recentemente em Pedro Juan Caballero, graças a imagens de um circuito fechado de segurança.

O furto, que aconteceu no dia 25 de maio por volta das 12h, envolveu uma motocicleta Honda, modelo NF100, cor azul, ano 2004, placa N° 047BAB-PY, que foi subtraída da garagem de uma residência no bairro Perpetuo Socorro. A vítima registrou a denúncia imediatamente, permitindo que a polícia iniciasse as investigações.

A filmagem de segurança de uma casa vizinha capturou o momento do crime e foi fundamental para a identificação de Silva. Nas imagens, foi possível reconhecer seus traços físicos, vestimenta e outras características distintivas.

Nesta quarta-feira, por volta das 11 horas, a equipe motorizada PUMA 2, sob o comando do Suboficial Segundo P.S. Gustavo Valenzuela, estava em patrulhamento preventivo na rua Juan E Oleary com a 15 de Agosto, no bairro San Blas, quando avistou um indivíduo que correspondia às características do suspeito captado nas imagens. Ao perceber a presença policial, Silva tentou se esconder em um terreno baldio, mas foi rapidamente interceptado e detido.

Durante a abordagem, Silva confessou voluntariamente ser o autor do furto da motocicleta, revelando que já havia comercializado o veículo na área conhecida como fracción el Mangal. Além do furto, as investigações revelaram que Silva é um fugitivo da penitenciária de Dourados, no Brasil, e possui várias ordens de captura em seu país de origem por crimes como roubo, receptação, tentativa de homicídio, posse irregular de arma de fogo, ameaça e violação de domicílio.

A Polícia de Amambay continua com o procedimento investigativo em curso e Eduardo Rodrigues da Silva permanecerá sob custódia, à disposição da justiça.

Esta prisão destaca a importância da colaboração entre as autoridades e a comunidade, bem como o uso de tecnologias de vigilância para a prevenção e resolução de crimes.