4.3 C
Ponta Porã
quinta-feira, 19 de maio, 2022
InícioVariedadesMulherCristina Kirchner apoia nova presidente de Honduras, Xiomara Castro

Cristina Kirchner apoia nova presidente de Honduras, Xiomara Castro


source
Xiomara Castro e Cristina Fernández Kirchner
Reprodução/Instagram

Xiomara Castro e Cristina Fernández Kirchner

Cristina Fernández Kirchner, primeira mulher a ser presidente da Argentina (2007-2015) e atual vice-presidente, dirigiu algumas palavras de encorajamento à  presidente de Honduras, Xiomara Castro. A política já havia sido primeira-dama do país pois é companheira de Manuel Zelaya, derrubado por um golpe militar em 2009.  Dilma Rousseff, ex-presidente do Brasil (2011-2016), também estava no evento realizado ontem (26).

Em seu discurso, Cristina disse que aquilo era “um abraço de mulher para mulher em meio ao poder. Uma “dupla” luta contra o poder e o patriarcado”. E isso a lembrou de uma discussão que teve com seu parceiro Nestor na época.

“Não é fácil ser uma presidente mulher porque ainda há em nossas sociedades, e em nossos próprios colegas, curiosamente, um certo resquício de sociedade patriarcal, que também chamamos de machismo. Quando uma mulher, além de pintar ela mesma, penteando o cabelo, ou vestindo uma roupa para vir aqui, também pensa e acima de tudo se atreve a dizer o que pensa em voz alta, e tomar decisões, eles o perdoam muito menos do que os homens”, disse Kirchner.

Ela continuou: “Em 2007, quando foi minha vez de assumir a presidência, falei para Néstor, meu sócio, que era uma questão de machismo, porque eu era mulher. Ele me disse não, não. Pouco antes de sair, ele admitiu para mim que eu estava certo. Isso também, além das ideias e interesses que são afetados, é fundamentalmente por causa de sua condição de mulher.”

Cristina finalizou: “E espero que todos vocês, e todos vocês, ajudem muito a camarada Xiomara, porque uma tarefa difícil a espera, duplamente difícil por ser mulher, mas estou absolutamente convencida de que ela será capaz de realizá-la porque vi ela sair para lutar por quem foi seu parceiro, para lutar pela democracia, aqui nas ruas, indo e vindo, e finalmente vamos vê-la empossada como presidente amanhã”.

Xiomara assumiu a presidência na manhã desta quinta-feira (27), buscando saída para a crise política que o país enfrenta.

Fonte: IG Mulher

MAIS LIDAS