Foto: Tião Prado Pontaporainforma

População ouviu muitos disparos de arma de fogo

Na noite dessa segunda-feira, dia 11, um confronto entre o GARRAS (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros), DP de Ponta Porã, e membros de uma facção criminosa deixou pelo menos 7 mortos em Ponta Porã, cidade que faz fronteira com o Paraguai.

A Polícia Civil está no Hospital Regional de Ponta Porã, para onde os mortos foram levados e no local o clima é de apreensão por parte da equipe de saúde, visto ter o risco de resgate dos corpos por parte dos membros da facção.

De acordo cominformações da Policia Civil, dois teriam fugido pelos fundos do endereço e um deles morreu em confronto com o DOF (Departamento de Operações de Fronteira). A polícia, no entanto, ainda apura se o suspeito estava mesmo na casa do PCC. Os feridos chegaram a ser levados para o Hospital Regional de Ponta Porã, mas morreram logo em seguida. 

Na residência usada pelo bando também foram apreendidas seis armas, sendo quatro pistolas e dois fuzis, além de dois carros roubados. A perícia da Polícia Civil está no local e ainda não há identificação dos mortos. Mais detalhes sobre a operação ainda não foram divulgados.

Com acrescumos de informações as 23h50min

Fonte: Campograndenews

Comentários