No Sábado, 24/07/2021, por volta das 17h00min, uma guarnição da GCMFron fazia rondas pelas dependências do terminal rodoviário quando se deparou com uma passageira identificada pelas iniciais D.C.F.M. que apresentava visível estado de nervosismo com a aproximação da guarnição, fator este, que levou os agentes a optarem por sua abordagem.

Perguntada sobre o conteúdo da mala que ela portava, a mesma afirmou que se tratava de roupas, no entanto, durante a revista foi constatado que a referida mala continha uma substância análoga a maconha que após pesagem totalizou quatorze quilos e cinquenta gramas (14,050 kg), três quilos quinhentos e setenta gramas (3,570 kg ) de maconha não prensada (Skank), e um quilo (1,00 kg) de substância análoga a haxixe, acumulando um total de dezoito quilos cento e vinte e cinco gramas (18,125 kg) de drogas sobre a posse de D.C.F.M., que seriam traficadas para a cidade de Presidente Prudente-SP.

Pelo bilhete de passagem também foi constatado que uma segunda pessoa identificada pelas iniciais B.S.O. também estava envolvida no delito, viajaria em poltrona lado a lado com D.C.F.M. e também portava mais dezoito quilos trezentos e setenta e cinco gramas (18,375 kg) de substância análoga a maconha em outra mala.

Segundo informações das mesmas, cada uma delas receberia R$ 2.500,00 pelo tráfico. Elas informaram ter recebido as drogas nas proximidade da rodoviária de Pedro Juan Caballero-PY, mas não informaram a fonte.

Diante do exposto, as duas mulheres foram encaminhadas juntamente com as drogas para a Delegacia de Policia Federal de Ponta Porã-MS para as devidas providências.

Comentários