21.7 C
Ponta Porã
quinta-feira, 23 de maio, 2024
InícioEloir VieiraJesus instituiu Denominações? Por Eloir Vieira

Jesus instituiu Denominações? Por Eloir Vieira

“Pois também eu te digo que tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela” (Mt 16.18).

Sobre esta pedra edificarei a minha igreja! A Pedra que Jesus se refere é Ele mesmo e não Pedro. A igreja do Senhor, não foi fundada em homem pecador, mas no próprio Senhor Jesus Cristo: “E bebiam todos de uma mesma bebida espiritual, porque bebiam da pedra espiritual que os seguia; e a pedra era Cristo” (1ªCo 10.4). Cristo é o alicerce da igreja e não o homem pecador; e ninguém pode tomar o lugar de Jesus: “Porque ninguém pode pôr outro fundamento, além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo” (1ªCo 3.11).

Pedro, significa pedra, mas que indica uma pessoa simples, que busca a realização intelectual e espiritual. Jesus, delegou responsabilidades à Pedro, por ele ter crido, recebido fé: “E Simão Pedro, respondendo, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo” (Mt 16.16).

O próprio discípulo e apóstolo Pedro, na sua carta explicou aos cristãos que, assim como ele, todos os cristãos são pedras vivas e templos do Espírito Santo: “Vós também, como pedras vivas, sois edificados casa espiritual e sacerdócio santo, para oferecerdes sacrifícios espirituais, agradáveis a Deus, por Jesus Cristo” (1ªPe 2.5).

Jesus é a Pedra Principal! O apóstolo Pedro, disse aos principais do povo e aos anciãos de Israel, que Jesus é a Pedra principal que eles rejeitaram: “Ele é a pedra que foi rejeitada por vós, os edificadores, a qual foi posta por cabeça de esquina” (At 4.11).

É o Espírito Santo que tem poder para ligar e desligar tudo no céu e na terra. E o Espírito de Deus esteve na vida de Pedro e vive na vida de todos os cristãos, pessoas de fé: E eu te darei as chaves do Reino dos céus, e tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus” (Mt 16.19).

O Senhor Jesus, não instituiu uma denominação religiosa visível, natural. A igreja de Cristo é espiritual! Jesus é a cabeça, e os crentes o corpo da igreja: “Porque somos membros do seu corpo” (Ef 5.30). “Mas quero que saibais que Cristo é a cabeça de todo varão, e o varão, a cabeça da mulher; e Deus, a cabeça de Cristo” (1ª Co 11.3).

As denominações cristãs, sempre foram edificadas pelos cristãos para congregarem. O homem cria a sua própria denominação com CNPJ, endereço, dando o nome escolhido por ele mesmo. As doutrinas de cada instituição, é estabelecida conforme a visão, o entendimento, a interpretação do seu fundador. Daí a explicação por haver tantas divergências entre as instituições religiosas. Cada um tem a sua visão e interpretação.

Muitas heresias são ensinadas nas denominações. São aplicados diversos rituais religiosos, regras e normas criados por vontade humana; essas coisas não glorificam a Deus:Em vão, porém, me honram, ensinando doutrinas que são mandamentos de homens. Porque, deixando o mandamento de Deus, retendes a tradição dos homens, como o lavar dos jarros e dos copos, e fazeis muitas outras coisas semelhantes a estas” (Mc 7.7,8). Mas em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos dos homens” (Mt 15.9).

Eloir Vieira