João Natalicio
João Natalicio

INFORME JN

COMPLICADO

* Ninguém pode negar que a situação do país está muito complicada politicamente a ponto de já estar pondo em risco a estabilidade nacional. Já tem gente admitindo um reboliço institucional tamanho gigante. Não resta dúvida que muitas dessas informações transmitidas pelas redes sociais são falsas ou o fato acrescidos de algumas inverdades. A verdade é que essa guerra entre a esquerda e o centro-direita no Brasil é uma realidade e com tendência de não acabar bem.

* No fundo, no fundo a batalha da esquerda brasileira fomentadas por forças de bandeira vermelha do exterior, tem um único objetivo: afastar o presidente Jair Bolsonaro do poder. Mais que isso: banir da política nacional o homem que coloca “o Brasil acima de tudo e Deus acima de todos”.

* Por outro lado, um fato transcorreu em Brasília no começo do mês de julho que deixou políticos e empresários com as barbas de molho e pensando coisas. Foi o seguinte: a conversa que o presidente Bolsonaro manteve no Planalto com o chefe e membros da sua equipe da Agencia Central de Inteligência Americana (a famosa CIA) que, pelo jeito, tranquilizou o presidente da República.

VACINAÇÃO

* Felizmente a vacinação para combater esse malvado coronavirus que tanto transtorno está trazendo aos brasileiros está avançando bem em Ponta Porã graças a ação da equipe de saúde do município comandada pelo prefeito Hélio Peluffo e seu secretário de saúde Patrick Derzi. No primeiro dia da vacinação em massa no começo do mês foi surpreendente as filas enormes de pessoas na área interna e externa do Centro de Convenções para receber a tão esperada imunização. Eram pessoas de todas as idades nas filas de votação orientadas por soldados do 11º RC Mec. Tudo muito bem organizado. Parabéns para os organizadores do evento.

* Resultado: Ponta Porã vem se destacando no Estado como o município que mais está vacinando seus habitantes e com isso, o número de óbitos e infectados está diminuindo consideravelmente. Para felicidade geral dos habitantes da fronteira, uma vez que também muita gente da vizinha Pedro Juan Caballero está se beneficiando dessa ação eficiente da Prefeitura de Ponta Porã.

POLÍTICA

* Talvez por conta dessa pandemia que ninguém sabe quando vai acabar, os prováveis candidatos a cargos públicos ainda estão com um pé atrás em relação ao pleito eleitoral de 2020.

Está todo mundo aguardando a decisão de todo mundo. O glorioso Agnaldo Miudinho, por exemplo, está aguardando a decisão do senador Nelsinho Trad para decidir sobre sua disputa para a Assembleia Legislativa.

Ele já tomou posição: “Somente serei candidato a deputado estadual se o Nelsinho for candidato a governador. O empresário Ronaldo Franco, por sua vez, aguarda pela decisão da Diretoria Regional do Patriota. E vai por aí afora.

* Falar em Nelsinho Trad, provável candidato ao Governo de Mato Grosso do Sul, tudo indica que a grande batalha eleitoral em 2022 será entre dois ex-governadores: Zeca do PT, apostando na candidatura do Luiz Inácio Lula da Silva para a Presidência da República, e o glorioso André Puccinelli (MDB) que espera contar com o apoio da ministra Tereza Cristina do Democratas e ligada ao presidente Jair Bolsonaro. Uma briga boa.

* De resto, fica a curiosidade se a próxima eleição será realizada através do voto eletrônico como desejam os políticos de Esquerda ou voto impresso como defende o presidente Jair Bolsonaro e os políticos do Centrão. Uma decisão que poderá influir no resultado do pleito eleitoral. Vamos aguardar.

* Não se espantem! O político baiano A. C. M. Neto, líder do DEM nacional já confessou que está disposto a se candidatar a vice-presidente da República na chapa do presidente Jair Bolsonaro que disputa a reeleição.

J. N. Oliveira

[email protected]

Comentários