Tião Prado

Olá, estamos com a nossa coluna opinião, onde procuramos destacar assuntos interessantes de nossa cidade e região e colocar as pessoas a par do que acontece por aqui.

NIVALCIR ALMEIDA

O amigo, professor, jornalista e historiador Nivalcir Almeida escreveu em seu artigo, quando falou dos 109 anos de emancipação política e administrativa de Ponta Porã, a respeito de um cenário político que toda população de uma cidade quer ou espera ver para ter a quem reclamar verbas e apoio para a sua cidade.

Citou o nobre amigo,  que na década de 90 a cidade de Ponta Porã chegou a ter, por ordem de importância, um senador, Rachid Saldanha Derzi; dois deputados federais, Flávio Derzi e Gandhi Jamil e três deputados estaduais, Fernando Saldanha, José Carlos Monteiro e Oscar Goldoni.  Em seguida, Goldoni foi eleito deputado federal e Gandhi tentou o governo, mas não conseguiu “bater” Pedro Pedrossian, um fenômeno de votos.

Tivemos ainda, Agapito Boeira e Aires Marques , Carlos Fróes, Hosne Esgaib, Flávio Kayatt (3 mandatos).

REPRESENTATIVIDADE

Nas eleições de 2018 tivemos um grande número de candidatos a deputados, mas ninguém conseguiu atingir os votos suficientes para ser eleito deputado e desta maneira, Ponta Porã com um colégio eleitoral de quase 50 mil votos, não conseguiu eleger um deputado.

MOBILIZAÇÃO

Na minha opinião, já estamos vendo alguns políticos se mobilizando para tentar a sorte para as eleições de 2022. O vereador e pastor Mauro Ortiz (PSDB), já está falando que vai ser candidato, inclusive conta com apoio de alguns companheiros de câmara que estão empolgados com o trabalho e as visitas que o vereador vem fazendo em toda região e também a boa base que ele tem na cidade de Campo Grande.

Claro que o prefeito Hélio Peluffo Filho  (PSDB), terá grande força no processo eleitoral, sendo que na última entrevista ao site Pontaporainforma, ele deixou claro que não será candidato a nenhum cargo, que vai apoiar o Eduardo Riedel no projeto do PSDB ao governo do estado. Assim, o deputado que o prefeito apoiar, sem dúvida alguma terá grande chance de ser eleito, porque os mais de 90 % dos votos que Peluffo teve em 2020 tem muito peso nessa eleição que se aproxima.

PRIMEIRA DAMA

Amigos chegados ao prefeito Hélio já me disseram que ele poderia lançar a sua esposa Vânia Peluffo. Ela tem um belo projeto social e sempre está presente acompanhando as ações da administração municipal e poderá receber os votos que elegeram Hélio Prefeito e dessa maneira, sendo ela eleita, a nossa cidade voltaria a ter um ou uma representantes na Assembléia Legislativa.

Na minha opinião, a Vânia tem uma grande liderança em Ponta Porã e é mulher. Nesse momento em que tanto se fala na participação das mulheres na política, está aí um nome forte e que terá grande apoio nesse pleito, se for tentar a sorte.

DEPUTADA ROSE MODESTO

Mas como disse a própria deputada Rose Modesto, somente a partir de abril é que vão começar a se falar de eleições 2022. E ela tem razão, pois até onosso presidente Jair Bolsonaro ainda não decidiu por qual partido será candidato a reeleição, ou até mesmo se será candidato, pois ontem,  segunda-feira (19), disse em rede nacional, que poderá não ser candidato. Resta só aguardar para ver o que vai acontecer.

ADIR TEIXEIRA

Que o professor Adir Teixeira foi um grande articulador por onde passou, isso ninguém pode negar. Com jeito amigo e o seu papo tranquilo, Adir ficou mais de 5 anos sendo o articulador do governador Reinaldo Azambuja na região de fronteira, até falecer vitima das complicações do Covid-19 deixando um vazio muito grande, tanto no lado político como também entre os amigos.

Ficamos sabendo que o cargo que o professor Adir ocupava no governo do estado já começou a ser disputado pelos prefeitos da região de fronteira que querem indicar alguém do hall de amigos.

Pelo que ficamos sabendo o prefeito Hélio Peluffo, que é a maior liderança do PSDB na fronteira, abriu mão e passou a indicação para o prefeito de Amambai Dr. Edinaldo Bandeira que deverá indicar alguém para ser o articulador do governador Reinaldo Azambuja na região.

AMAMBAI

Falando a reportagem do site Pontaporainforma Dr. Bandeira disse que vai indicar o seu secretário de obras Eder Espindola, atual vice-presidente do PSDB na cidade. É um militante antigo do partido, ótimo caráter e ótimo articulador e goza de grande prestigio entre os políticos na região de fronteira.

Dr. Bandeira disse que cabe a ele indicar e a indicação será essa. Agora cabe ao governador Reinaldo Azambuja aceitar ou não a indicação.

Na minha opinião,  o Eder, pessoa que conhecemos desde a década de 80, sempre foi  tranquilo e sem dúvida será uma ótima indicação por parte de Bandeira.

TIÃO E DORA

Para finalizar, queremos dizer que usamos aquela máxima de quem está sabendo usar a internet. Com um telefone nas mãos, no dia 18 de julho, dia do aniversário de Ponta Porã, este jornalista junto com a advogada e jornalista Dora Nunes, a quem chamo de esposa, fomos para as ruas da cidade mostrar a todos como está linda a nossa Ponta Porã e fizemos uma live bem tranquila e divertida e depois de 40 minutos conseguimos  chegar a 10 mil visualizações, sendo que no momento da transmissão chegamos a ter 150 pessoas acompanhando ao vivo e mandando os seus recados.

De coração, agradecemos, pois somos jornalistas e usamos as nossas redes sociais para levar as informações de maneira mais rápida e segura.

Valeu a atenção de todos.

Na minha opinião foi muito ótimo.

Comentários