17 C
Ponta Porã
segunda-feira, 20 de maio, 2024
InícioTião Prado“Netos são filhos com açúcar”, por Tião Prado

“Netos são filhos com açúcar”, por Tião Prado

Quando menino na cidade de Batayporã, no ano de 1978, estava assistindo a nossa querida e amada TV em Branco e Preto, momento que estava no ar  “Ciranda Cirandinha”,  tendo no elenco, entre outros, os jovens Fábio Júnior, Jorge Fernando, Denise Bandeira e Lucélia Santos e foi quando o cantor Fábio Júnior lançou a música “Pai” no episódio “Toma que o Filho é Teu”.

Segundo relatos da época, a música era para ser cantada apenas dois minutos, porque na verdade ela tem 5 minutos de duração, mas a cena foi tão impactante que a música  foi ao ar com os seus cinco minutos e foi muito emocionante.

Em 1980, a autora Janete Clair escolheu a música como trilha de abertura de sua trama, “Pai Herói”. A partir da novela, “Pai” tornou-se um dos maiores sucessos do cantor e um hit do Dia dos Pais.

Fiz esse relato para dizer que quando ouvia essa musica a parte que me chamava a atenção, e  eu tinha apenas 13 anos na época, era em que ele cantava:

“Pai, eu cresci e não houve outro jeito
Quero só recostar no teu peito
Pra pedir pra você ir lá em casa
E brincar de vovô com meu filho
No tapete da sala de estar”

Então, brincar de vovô com as filhas da minha filha amada Deise, sempre é muito bom, e esses pequenos momentos ficam marcados todas  as vezes que ele acontece.

Numa quinta-feira, em pleno horário de trabalho, isso voltou a acontecer, lá estava eu, quase 60 anos e a esposa Dora Nunes, um pouco menos de idade, brincando, rindo e fazendo inúmeras caretas com minhas netas. Foi algo assim inexplicável, foi uma sensação tão especial  que as horas que passamos juntos ficaram marcadas de forma especial, tanto que quando nos demos conta, estava na hora de nos despedirmos.

Toda vez que as `Marias`, pois são Maria Luiza e Maria Eduarda, riam e seus olhos se fechavam como acontece com os meus, me sentia feliz; toda vez que elas faziam uma brincadeira e olhavam para mim e eu estava ali olhando firme para elas e via no semblante que elas estavam curtindo o momento, meu coração transbordava de felicidade, era um pouco de mim ali ao meu lado.

Foi um momento especial, que curti e achei por bem eternizar nestas palavras, para quem for ler ver que podemos ser felizes e fazer as outras pessoas felizes. Basta querer.

A noite quando chegou a hora de dormir,  encostei a cabeça no travesseiro, meus  pensamentos criaram asas e foram por todos os momentos em que passamos juntos naquela tarde e mesmo sendo muitas vezes dramático ou até mesmo meio louco, valorizo momentos assim, pois ali está um pouco de mim, dos meus descendentes.

Ouço ainda de muitos avós e avôs, a afirmativa de que “os avós não precisam educar, pois netos são filhos com açúcar”, e pude vivenciar isso na prática.

Hoje com advento das redes sociais, instagram, facebook, X, Telegram e tantas outras coisas que temos na palma na mão em nosso celular, que  momento a momento vemos e lemos frases de apoio, de incentivos, de superação e tudo mais, mas você já tentou colocar em prática algumas simples ações ou até alguns conselhos desses que são passado?

Não podemos deixar neste texto de citar na própria Bíblia Sagrada que foi escrita há mais de 2.500 anos e sempre é tão atual que chega a impressionar quem a lê.

Coisas como respeitar pai e mãe, amar uns aos outros, ser gentil, ser agradável e servir bem o seu próximo, realmente tem uma série de coisas que nos ajuda a ir vencendo os obstáculos e procurando ser melhor nessa vida complicada e difícil de ser vivida.

A família é o nosso porto seguro, é o lugar  onde encontramos um afago, um carinho, uma palavra de conforto e muitas vezes, um prato de comida nos momentos difíceis. E mesmo sabendo que temos vários tipos de problemas, temos que valorizá-los e procurar estar uns do lado dos outros.

Porque como diz a canção “Pai”  do Fábio Júnior, todos nós temos o nosso lado herói e até mesmo bandido. Algumas vezes podemos até ser muito mais que um amigo, mas uma coisa você pode ter certeza, o filho ou a filha nunca vai ficar sozinha  ou sozinho, porque nós fazemos parte desse caminho e mesmo sendo cheios de defeitos e imperfeições, quando é chamado, um pai vai estar sempre presente para abraçar e mostrar que nunca abandona um filho ou filha e é por isso que hoje eu … sigo em paz.

Tião Prado

Jornalista

“Netos são filhos com açúcar”, por Tião Prado