Drogas

Nesta sexta-feira, 12 de fevereiro, foram destruídas aproximadamente 12 toneladas de entorpecentes. A droga foi apreendida entre novembro/2020 e fevereiro/2021 pela Delegacia da Polícia Federal em Ponta Porã/MS. Os entorpecentes foram escoltados por um comboio composto pela PF e integrantes da Força Nacional, que seguiu até o forno de uma usina em Dourados/MS, nesta que foi a primeira queima de drogas no ano de 2021.


Para se realizar a queima são necessárias autorizações de diversos órgãos, como Justiça Federal, Justiça Estadual, Vigilância Sanitária além de um planejamento logístico complexo elaborado pelos Policiais Federais.


O grande volume de drogas é consequência do número de flagrantes realizados, provenientes de diversas forças policiais, inclusive apreensões da própria delegacia. Faz referência principalmente à maconha, uma vez que o país vizinho é um dos maiores produtores do mundo.


As apreensões são direcionadas à PF, desde que configurada a transnacionalidade ou interestadualidade do delito.


No ano de 2020 a Delegacia de Polícia Federal de Ponta Porã/MS superou o recorde de apreensão de drogas, totalizando cerca de 200 toneladas de entorpecentes. É esperado que este número seja ultrapassado à medida que restrições contra o COVID-19 sejam relaxadas.

PF de Ponta Porã incinera 12 toneladas de entorpecentes com apoio da Força Nacional
Comentários