5.6 C
Ponta Porã
quarta-feira, 29 de maio, 2024
InícioEloir VieiraQuem é o povo de Deus hoje?

Quem é o povo de Deus hoje?

“Nisto não há judeu nem grego; não há servo nem livre; não há macho nem fêmea; porque todos vós sois um em Cristo Jesus” (Gl 3.28).

O povo de Deus hoje é a igreja. O Senhor Jesus, edificou sua igreja nEle mesmo sem acepção de pessoas. Todos os crentes em Cristo, arrependidos, convertidos, são um só povo de Deus; cada um é membro do corpo da igreja e Cristo a cabeça: “Porque somos membros do seu corpo” (Ef 5.30). “Mas quero que saibais que Cristo é a cabeça de todo varão, e o varão, a cabeça da mulher; e Deus, a cabeça de Cristo” (1ª Co 11.3).

A igreja do Senhor Jesus Cristo não é uma denominação ou instituição religiosa nem um templo sem vida, mas é formada de pessoas crentes. Todos os cristãos, estando onde estiverem espalhados pelo mundo, fazem parte da igreja de Cristo, da comunidade cristã: Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz; vós que, em outro tempo, não éreis povo, mas, agora, sois povo de Deus; que não tínheis alcançado misericórdia, mas, agora, alcançastes misericórdia” (1ªPe 2.9,10).

Característica do cristão: “Porque a graça de Deus se há manifestado, trazendo salvação a todos os homens, ensinando-nos que, renunciando à impiedade e às concupiscências mundanas, vivamos neste presente século sóbria, justa e piamente, aguardando a bem-aventurada esperança e o aparecimento da glória do grande Deus e nosso Senhor Jesus Cristo, o qual se deu a si mesmo por nós, para nos remir de toda iniquidade e purificar para si um povo seu especial, zeloso de boas obras” (Tt 2.11-14).

Até mesmo os judeus, os israelitas, precisam crer em Jesus Cristo para serem salvos! Jesus veio para eles, mas eles não creram e não receberam a graça em Cristo Jesus. Mas todos que creem, independente de raça, são aceitos como filhos de Deus: “Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. Mas a todos quantos o receberam deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus: aos que creem no seu nome” (Jo 1.11,12).

O evangelho do Reino será pregado em todo o mundo, e então virá o fim! Os israelitas que não se arrependeram, receberão graça, e se arrependerão no fim dos tempos! Quando verem Jesus na sua volta, crerão, se arrependerão, e serão salvos: “E sobre a casa de Davi e sobre os habitantes de Jerusalém derramarei o Espírito de graça e de súplicas; e olharão para mim, a quem traspassaram; e o prantearão como quem pranteia por um unigênito; e chorarão amargamente por ele, como se chora amargamente pelo primogênito” (Zc 12.10).

Os israelitas serão salvos porque há uma promessa e compromisso de Deus com Abraão, Isaque e Jacó: “Ora, o Senhor disse a Abrão: Sai-te da tua terra, e da tua parentela, e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei. E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei, e engrandecerei o teu nome, e tu serás uma bênção. E abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as famílias da terra” (Gn 12.1-3). Abraão, foi justificado pela fé, e se tornou o pai de todos os crentes obedientes a Deus: “E creu ele no Senhor, e foi-lhe imputado isto por justiça” (Gn 15.6). “De sorte que os que são da fé são benditos com o crente Abraão” (Gl 3.9). Deus abençoe!

Eloir Vieira