14 C
Ponta Porã
sexta-feira, 19 de agosto, 2022
InícioEsportesQuem tomará o lugar de Messi e Cristiano Ronaldo?

Quem tomará o lugar de Messi e Cristiano Ronaldo?

Nos últimos 15 anos, o mundo do futebol testemunhou a carreira de duas lendas do esporte. Lionel Messi e Cristiano Ronaldo assombraram torcedores de todos os cantos, quebrando recordes atrás de recordes. Seus feitos fizeram outros jogadores profissionais parecerem amadores, tamanha era a diferença entre a dupla e o resto. No entanto, ambos estão chegando ao fim da jornada – e há alguém que poderá substituí-los? Muitos são os nomes apontados como “futuros craques”, e se você também gosta de fazer previsões esportivas, aproveite esses ótimos Códigos de Bônus.

Messi é o maior vencedor da Bola de Ouro (foram sete, ao todo), é o jogador a marcar mais gols por um único clube (672, pelo Barcelona), e é recordista de gols em um única temporada – em 2012, o argentino balançou a rede 91 vezes e só faltou fazer chover. Além disso, ele conquistou quatro Ligas dos Campeões.

Por sua vez, Cristiano Ronaldo também é detentor de inúmeros recordes. A começar pelo de gols em partidas oficiais: já foram 815 gols, e ainda vêm mais por aí. Ninguém balançou a rede tantas vezes quanto o português. Ele ainda é o maior artilheiro da história do Real Madrid (450 gols) e de seleções (117 gols por Portugal). Ao longo da carreira, CR7 venceu cinco Ligas dos Campeões e liderou Portugal na inédita conquista da Eurocopa, em 2016.

Mas tudo isso, é claro, embora demonstre a grandeza desses dois monstros do futebol, são apenas números. O que vai ficar na memória dos torcedores são os gols de bicicleta, de longa distância, de cabeça, de falta, após driblar metade do time adversário, enfim, os lance imortalizados dentro das quatro linhas.

Com a aposentadoria cada vez mais perto, os torcedores já se perguntam quem será a próxima figura dominante no futebol mundial. Nomes como Haaland e Mbappé surgem à mente, embora o primeiro tenha um perfil diferente. É o centroavante clássico, com números assombrosos, mas não é um jogador dos dribles e arrancadas de Messi e Ronaldo. Já o francês é capaz de jogadas espetaculares, porém não parece ter o mesmo faro de gol.

Evidentemente, um novo Messi e um novo Ronaldo não surgem a toda hora, e vai ser muito difícil aparecer um jogador capaz de quebrar tantos recordes quanto a dupla. É, sem dúvidas, uma felicidade para esta geração poder acompanhar a carreira de dois dos maiores jogadores de todos os tempos. É a história sendo feita.

MAIS LIDAS