17.1 C
Ponta Porã
domingo, 21 de abril, 2024
InícioBrasil & MundoVídeo mostra colisão entre Porsche e Renault Sandero em SP

Vídeo mostra colisão entre Porsche e Renault Sandero em SP

Destroços dos carros envolvidos no acidente que aconteceu na madrugada de domingo (31)
Reprodução / Redes sociais – 01/04/2024

Destroços dos carros envolvidos no acidente que aconteceu na madrugada de domingo (31)

Um acidente de trânsito entre um Porsche 911 e um Renault Sandero resultou em uma vítima fatal na madrugada de domingo (31). A colisão aconteceu na avenida Salim Farah Maluf, zona leste de São Paulo (SP).

Imagens gravadas por câmeras de segurança mostram o veículo de luxo em alta velocidade quando acontece a batida. O condutor do Porsche deixou o local e o motorista do Renault Sandero, Ornaldo da Silva Viana, de 52 anos foi levado ao hospital municipal do Tatuapé, mas não resistiu e faleceu.


Caso é investigado

Segundo a nota da Secretaria de Segurança Pública de SP (SSP/SP) ao Portal iG por e-mail, o caso foi registrado no 30° DP e é investigado por meio de um inquérito policial.

Também por meio desse comunicado, a SSP/SP explica que por conta da morte de um dos envolvidos no acidente e da fuga do motorista do Porsche, a ocorrência foi registrada como fuga de local de acidente, lesão corporal na direção de veículo automotor e homicídio culposo na direção de veículo automotor.

Íntegra da nota da SSP/SP

“O caso é investigado, por meio de inquérito policial, pelo 30° DP. Em atendimento a acidentes de trânsito, a prioridade da Polícia Militar é resgatar as vítimas e preservar o local. Após o socorro aos envolvidos, foi constatada a morte de um dos motoristas. O outro fugiu enquanto os agentes prestavam atendimento. Ele se tornou suspeito da autoria do crime posteriormente, durante a apresentação dos fatos na delegacia e depoimento de testemunhas. A ocorrência foi registrada como fuga de local de acidente, lesão corporal na direção de veículo automotor e homicídio culposo na direção de veículo automotor. Diligências são realizadas no momento para localizar o investigado.”

Fonte: Nacional