Ponta Porã, Quinta-feira, 19 de abril de 2018
24/11/2017 15h20

Terroristas cercam mesquita com bombas e matam 155 pessoas no Egito.

Quem conseguiu fugir foi morto a tiros, dizem testemunhas.

Mídia Max
 
 

Uma mesquita no Egito sofreu um ataque com bombas na manhã desta sexta-feira (24) que resultou na morte de pelo menos 155 pessoas, segundo a agência oficial de notícias do governo egípcio, "Mena".

Outras 120 pessoas ficaram feridas no atentado. Terroristas colocaram bombas ao redor da mesquita e as detonaram no momento da saída dos fiéis da oração do dia.

A sexta-feira é considerada um dia sagrado para os muçulmanos. Testemunhas do ataque relataram que, aqueles que conseguiram fugir da destruição, foram mortos com tiros de arma de fogo pelos terroristas.

Pelo menos quatro carros foram usados pelos terroristas durante o ataque. Mais de 50 ambulâncias foram chamadas até a mesquita da cidade de Al Rauda, pertencente à comunidade sufista.

Nenhum grupo terrorista reivindicou o ataque até o momento, considerado o mais mortal na região desde o início do combate ao Estado Islâmico, há três anos. A presidência do Egito declarou três dias de luto nacional.

Envie seu Comentário