Artigo: Quando é que negamos Jesus?

Por: Eloir Vieira

11/01/2019 16h20 - DN

 

"Portanto, qualquer que me confessar diante dos homens, eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos céus. Mas qualquer que me negar diante dos homens, eu o negarei também diante do meu Pai, que está nos céus" (Mateus. 10.32,33).

Confessar Jesus significa assumir compromisso com Deus. Isso normalmente é realizado numa cerimônia de batismo nas águas ou solenidade na igreja ou em qualquer lugar. Assim fica confirmado o compromisso da pessoa com Cristo: "Se, com a tua boca, confessares ao Senhor Jesus e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dos mortos, serás salvo. Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação" (Rm. 10.9,10). A partir desse momento, Jesus sela a pessoa com o seu Espírito Santo (Ef 1.13; 4.30), para a redenção, e salvação eterna.

Entretanto, se a pessoa, por algum motivo não faz essa confissão de fé, está rejeitando, negando Jesus; pois, sem confessar Jesus como Seu único Salvador e Senhor, Jesus não confessa ao Pai, que tal pessoa é dEle! Jesus já fez a sua parte, assumindo os pecados de toda a humanidade. Porém, cada um precisa aceitar o sacrifício de Jesus, o presente de Deus, para então, receber o perdão e a salvação gratuitamente (At 2.38; 3.19). Se não confessarmos Jesus, o Senhor também não confessará ao Pai no céu, que somos dEle!

Ao fazermos compromisso com Jesus no batismo de arrependimento, Jesus nos batiza com o seu Espírito: "Porque, na verdade, João batizou com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo, não muito depois destes dias" (At 1.5). Na impossibilidade de batismo, nas ultimas horas de vida, basta pedir a salvação a Jesus, que será salvo mesmo sem o batismo! É o caso de um dos malfeitores crucificado ao lado de Jesus: "E disse a Jesus: Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu Reino. E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso" (Lc 23.42-43). O ladrão da cruz estava impossibilitado de ser batizado, mas creu e confessou Jesus; pediu salvação e foi salvo: "E acontecerá que todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo" (At 2.21; Rm 10.13). Mas quem tem a oportunidade, deve passar pelas águas, pois é um mandamento de Jesus para perdão e salvação (At 2.38).

Não negue Jesus, sendo incrédulo, idólatra, teimoso, coração duro; mas viva Cristo em seu coração: "Palavra fiel é esta: que, se morrermos com ele, também com ele viveremos; se o negarmos, também ele nos negará; se formos infiéis, ele permanece fiel; não pode negar-se a si mesmo" (2ªTm. 2.11-13). Não se envergonhe de Jesus: "Porque qualquer que de mim e das minhas palavras se envergonhar, dele se envergonhará o Filho do Homem, quando vier na sua glória e na do Pai e dos santos anjos" (Lc. 9.26).

Envie seu Comentário