28/04/2015 09h20

Leia a Coluna Pontaporainforma por Tião Prado

Já estamos começando a viver a pré-campanha de 2016

Por: Tião Prado
 
 

Olá...estamos de volta depois de um grande tempo de ausência e essa ausência é pelo fato de que está acontecendo tantas coisas ruins e triste no mundo, em todos os sentidos, que se fosse escrever aqui acabaria preso e expulso do país.

A coisa está tão feia, que hoje em dia já tem ladrão roubando de ladrão e olha que estão usando de canivete a caneta, isso mesmo, CANETA, pois é com ela que se faz a relação das pessoas que recebem as propinas dos cofres públicos para facilitar um monte de coisas, e isso foi comprovado nas ultimas delações, apareceu por lá a lista e os valores que os envolvidos recebiam em papéis de caderno e escrita a caneta, isso é triste, a tecnologia ainda não chegou aos subornos.

Mas também falar o que, se o bom e velho jogo do bicho, que é proibido no país desde muito tempo, até hoje é feito a caneta e você leva a sua cópia para conferir depois.

Essa semana Ponta Porã foi tomada pela onda da pipoca. O vereador Otaviano Cardoso, publicou nota nas redes sociais ( a nova arma do momento) dizendo que a prefeitura estava servindo pipoca para os alunos da rede municipal de ensino. A nutricionista da Prefeitura Municipal, Silvia Soto, publicou uma nota nas redes sociais dizendo que a pipoca é muito importante na alimentação e tem os benefícios nutricionais. Para finalizar, o prefeito Ludimar foi as escolas e se fez fotografar ao lado das merendeiras com grande panelas cheias de carne e boa alimentação.

Neste momento em que estamos vivendo um clima pós e já de pré campanha, está valendo de tudo e a arma do momento estão sendo as redes sociais.

Corre a boca miúda de que os moradores e lideranças do Distrito da Nova Itamarati estão fazendo um movimento para emancipação com o objetivo de se tornar município. É uma batalha árdua e tem uma série de fatores a serem tratados, começando por uma audiência pública com toda comunidade e depois o plesbicito, onde estarão indo as urnas os moradores de Ponta Porã, Itamarati e Cabeceira do Apa.

Só dois registros interessantes: Cabeceira do Apa quer pertencer a Antônio João, uma vez que fica a poucos quilômetros daquela cidade e não ao Itamarati. Se isso vier a acontecer, Ponta Porã perde, no mínimo, uns 15 mil eleitores, mais ou menos, aí a Câmara de Vereadores voltará a ter 13 ou menos vereadores, devido a densidade populacional que será menor.

 

O PSDB, que tem como presidente o ex-prefeito e atual deputado Estadual Flávio Kayatt, prepara a sua convenção para o dia 10 do mês de Maio e espera-se uma revoada de tucanos por nossa fronteira. Leny é candidata a presidente do partido.

Para você ver quando as coisas tem que dar certo até o universo conspira a favor. O amigo André, saiu de Amambai e veio montar o Supermercado Sol por estas paragens, alugou o prédio do mercado Avenida e em menos de um ano conseguiu fazer uma grande freguesia, hoje soma mais de 60 empregos e o movimento a cada dia que passa aumenta mais e mais e o que atrai a clientela são as promoções que acontecem todos os dias e sempre o freguês tem ofertas especiais. Parabéns ao André e toda equipe do Sol.

‘O PT do B vai ter candidato a prefeito de Ponta Porã’, essa foi a fala do vereador César Mattoso durante um rodada e outra de tereré lá na Granja, informando que tem um forte nome para representar o partido. Já Brunoí, garante que é pré-candidato a presidente do PMDB local e garante ainda que desta vez o partido não ficará só aplaudindo a caravana passar e também terá candidato a prefeito ou a vice e uma chapa forte de candidatos a vereadores.

 
Vereador Marcelino Nunes de Oliveira, presidente da Câmara de Ponta Porã. foto: Tião Prado (Pontaporainforma)Vereador Marcelino Nunes de Oliveira, presidente da Câmara de Ponta Porã.

foto: Tião Prado (Pontaporainforma)

O presidente do legislativo que não é bobo nem nada, continua fazendo a politica da maneira que sempre fez, agrupando os amigos, trazendo novos companheiros e disse que como aconteceu na eleição da mesa diretora da Câmara, quando não era candidato a nada e no final foi eleito presidente, está preparado esperando os convites aconteceram para ver o que fazer.

O prefeito Ludimar Novais, sem partido, deve mesmo ir para o Partido da Republica (PR) do ex-deputado Londres Machado e de Paulo Corrêa. Quem não está gostando desse alinhamento é o vereador Otaviano Cardoso, que lá na frente terá que pedir votos para o Ludimar, hoje seu adversário.

Mas, já dizia um politico da antiga ‘ARENA’: “A politica a gente faz ciscando pra dentro, fazendo novos companheiros, e os inimigos de ontem, podem ser os nossos companheiros de amanhã”, então resta esperar para ver.

Um grande abraço e qualquer dia desses a gente volta com mais uma coluna, não espere muito, porque quem espera, dificilmente alcança...abs

Envie seu Comentário