Violência

Índios invadem fazenda, torturam, assaltam e expulsam caseiro

Homem procurou polícia com vários ferimentos e diz que também foi assaltado

21/07/2018 10h - Campograndenews

 
Caseiro mostra ferimentos provocados por índios durante invasão (Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News)Caseiro mostra ferimentos provocados por índios durante invasão (Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News)

Mais uma propriedade rural foi invadida por índios em Dourados-MS, onde cinco sítios estão ocupados desde março de 2016. Desta vez, um grupo de pelo menos 30 pessoas invadiu na noite desta sexta-feira (20) a Fazenda Celeste e agrediu o caseiro.

A propriedade fica na margem da Avenida Guaicurus, que liga o núcleo urbano à Cidade Universitária, ao aeroporto municipal, ao quartel do Exército e a várias propriedades e empresas. A rodovia passa ao lado da reseva indígena de Dourados.

Na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), onde registrou o boletim de ocorrência sobre a invasão, o caseiro disse que os índios chegaram à fazenda por volta de 22h de ontem. Segundo ele, o grupo estava armado com arcos, flechas, lanças e alguns tinham armas de fogo.

O caseiro relatou que foi feito refém, torturado e roubado pelos invasores. Com ferimentos no corpo e na cabeça, o homem disse que só foi libertado às 4h da madrugada, mas teve de deixar a carteira com R$ 400 e o telefone celular.

Ele relatou que após conseguir sair da fazenda, procurou ajuda em uma mercearia na região, de onde foi levado até a casa de parentes.

A fazenda já tinha sido invadida no ano passado, mas os índios deixaram o local logo em seguida. Em outra região do município de Dourados, na margem do Anel Viário, que também passa ao lado da reserva, cinco sítios estão ocupados por índios desde março de 2016.

Envie seu Comentário