Amambai

Mulher é assassinada a facada pelo marido

Dona de casa já tinha sido agredida em dezembro, tinha medida protetiva, mas o marido não aceitava a decisão da mulher em buscar a separação, segundo a polícia.

21/02/2019 13h30 - A Gazetanews

 
Foto: Vilson Nascimento/ReproduçãoFoto: Vilson Nascimento/Reprodução

A dona de casa Adriana Gomes, de 38 anos, foi assassinada a facada pelo marido na manhã dessa quinta-feira, 21 de fevereiro, em Amambai.

A mulher, que era indígena e moradora na Aldeia Amambai, local onde ocorreu o crime, tomava tereré em casa com outras pessoas quando foi atacada com um golpe de faca no peito, que transfixou seu corpo, vindo a sair nas costas.

Segundo a Polícia Civil de Amambai, que trabalha no caso, testemunhas informaram que o autor do crime foi o marido da vítima, o também indígena Milton Homero, de 48 anos.

De acordo com a polícia informações levantadas pela investigação indicam que a vítima teria pedido o divórcio, mas o homem não aceitava a separação.

A Polícia Civil informou à reportagem do grupo A Gazeta que o casal já estava teoricamente separado desde dezembro do ano passado (2018) quando, durante uma discussão, Milton teria desferido um golpe de faca, ferindo Adriana em uma das mãos.

Em decorrência dessa agressão, segundo a polícia, a vítima tinha em seu favor medida protetiva expedida pela justiça, decisão judicial que na teoria impediria o autor de se aproximar da mulher.

De acordo com a polícia após esfaquear a esposa, Milton fugiu do local tomando rumo ignorado e está sendo procurado. Segundo a polícia Adriana Gomes deixou sete filhos, todos menores de idade.

Envie seu Comentário