Currículo Único Escolar

Dep. Rinaldo participa da apresentação do Currículo Único Escolar de MS para Ministro da Educação

O deputado também participou da entrega da reforma das Escolas Estaduais

20/06/2018 08h40 - Divulgação (TP)

 
Foto: Greg MedeirosFoto: Greg Medeiros

Já o governador Reinaldo Azambuja informou que o debate com todos é necessário para a elaboração do documento final. "É extraordinário quando colocamos todos discutindo um assunto para contemplar a educação, o setor educacional está envolvido, o Estado, municípios, a Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems). A versão de hoje é a primeira", revelou.

Elaboração - A partir da BNCC, o Currículo de MS foi construído com ampla participação, contemplando o uso de tecnologia, busca de conhecimento e especificidades do Estado. O projeto para a elaboração do Currículo de Mato Grosso do Sul teve 12 coordenadores regionais, 22 redatores, contou com a participação da Fetems e a adesão dos 79 municípios.

Reformas - Também nesta segunda-feira, o deputado participou da entrega da reforma das Escolas Estaduais Waldemir de Barros da Silva, bairro Moreninhas; Prof. Severino Ramos de Queiroz, Vila Rosa e; Amélio de Carvalho Baís, Coopatrabalho. As escolas participam do projeto Escola da Autoria, programa de fomento da implantação da Escola em Tempo Integral do Ensino Médio. A verba para execução dos serviços vem do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), com contrapartida do Governo do Estado, totalizando R$ 1,5 milhão de investimentos. Para atender os estudantes em tempo integral, as escolas estaduais passaram por adequações de espaços como refeitório, reformas nos banheiros com instalação chuveiros e melhorias gerais.

Premiada - A Escola Estadual Waldemir Barros da Silva está entre as cinco melhores escolas do Brasil e é a primeira do Centro-Oeste, apontada por duas vezes (2011 e 2017) no Prêmio Gestão, que contempla projetos inovadores e gestões competentes na Educação Básica da rede pública do País. Em 2017, a unidade concorreu com mais de quatro mil instituições.

Já o governador Reinaldo Azambuja informou que o debate com todos é necessário para a elaboração do documento final. "É extraordinário quando colocamos todos discutindo um assunto para contemplar a educação, o setor educacional está envolvido, o Estado, municípios, a Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems). A versão de hoje é a primeira", revelou.

Elaboração - A partir da BNCC, o Currículo de MS foi construído com ampla participação, contemplando o uso de tecnologia, busca de conhecimento e especificidades do Estado. O projeto para a elaboração do Currículo de Mato Grosso do Sul teve 12 coordenadores regionais, 22 redatores, contou com a participação da Fetems e a adesão dos 79 municípios.

Reformas - Também nesta segunda-feira, o deputado participou da entrega da reforma das Escolas Estaduais Waldemir de Barros da Silva, bairro Moreninhas; Prof. Severino Ramos de Queiroz, Vila Rosa e; Amélio de Carvalho Baís, Coopatrabalho. As escolas participam do projeto Escola da Autoria, programa de fomento da implantação da Escola em Tempo Integral do Ensino Médio. A verba para execução dos serviços vem do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), com contrapartida do Governo do Estado, totalizando R$ 1,5 milhão de investimentos. Para atender os estudantes em tempo integral, as escolas estaduais passaram por adequações de espaços como refeitório, reformas nos banheiros com instalação chuveiros e melhorias gerais.

Premiada - A Escola Estadual Waldemir Barros da Silva está entre as cinco melhores escolas do Brasil e é a primeira do Centro-Oeste, apontada por duas vezes (2011 e 2017) no Prêmio Gestão, que contempla projetos inovadores e gestões competentes na Educação Básica da rede pública do País. Em 2017, a unidade concorreu com mais de quatro mil instituições.

Envie seu Comentário