17 C
Ponta Porã
segunda-feira, 20 de maio, 2024
InícioTião PradoO que falta na sua vida? por Tião Prado

O que falta na sua vida? por Tião Prado

Esses dias, durante uma conversa com amigos de infância, a pessoa me perguntou se falta alguma coisa em minha vida?

Eu poderia dizer que dentro daquilo que eu planejei para a minha vida, lá na minha infância em Batayporã, tudo já estava consolidado, pois queria trabalhar na rádio e estou na profissão há 44 anos, casar,  ter filhos e netos, ter uma casa confortável e um bom carro, ter uma esposa maravilhosa, que é minha amiga, companheira e que eu a amo e eu tenho.

Mas esse não seria eu, e estaria escondendo de mim mesmo a verdade, mas por um momento voltei a pensar e me perguntei como eu ouso dizer, que dentro de tudo que planejei, ainda falta  alguma coisa?

Tenho tudo que preciso e tudo foi conquistado com muito suor e trabalho, então porque meu coração esta acelerado agora?

Respirei fundo e falei: Se não me faltasse nada qual razão eu teria para acordar no dia seguinte? É justamente na incompletude que está a nossa fortaleza.

Veja bem, como dizia meu amigo Geraldo Felipe Corrêa (ex-prefeito de Amambai): Se você escolher trabalhar no final de semana você tem que deixar aquela viagem onde estarão todos os seus amigos; casando, você perde a vida e solteiro; solteiro você abdica da construção de uma família; quando você tira férias você deixa de ganhar dinheiro para gastar, as vezes até muito mais do que você ganha em um mês. Mas qual seria o prazer em trabalhar e não pode gastar? Em dois lugares ao mesmo tempo você não consegue estar. E quantas vezes o nosso livre arbítrio nos faz escolher o caminho da razão para depois descobrir que o mais certo seria optar pelo coração. Tudo não terás.

No final do dia dentro da falta é que nós nos reconhecemos. Sabe por que gente? Porque a pedra no sapato incomoda, machuca. Eu agradeço todos os dias tudo o que eu tenho, tudo o que eu conquistei e todas as escolhas que eu fiz, porque através delas eu cresci, eu amadureci, mas ninguém sabe de fato o quanto machuca a presença do sorriso no rosto tentando esconder o buraco não preenchido da falta.

Pra uns sobra amor, mas falta saúde; para outros, sobra dinheiro, mas falta amor. O pouco que você tem vale muito para alguém, e vice-versa, cada um sabe onde o sapato aperta. O fato é que no final do dia quando  a gente precisa passar uma água no rosto para tirar a poeira da correria ou até mesmo tirar a máscara que a gente carrega, fica impossível tirar o olhar do espelho, pois a falta grita, a verdade pulsa e assim sempre será.

Nós nunca podemos julgar as escolhas de alguém, porque a gente não sabe das feridas dessa pessoa; ninguém luta as suas batalhas diárias, ninguém colhe os frutos do que você plantou, ninguém chora as suas lágrimas, a não ser você mesmo.

Então meu amigo, minha amiga, comemore as suas conquistas e não se esqueça que um dia elas também fizeram falta da falta, assim você dará mais valor sem ter que precisar perder para entender que tinha alcançado aquilo que hoje voltou para a prateleira das faltas por descuido seu. Esse sim é um preço que dói quando se paga.

Ai, eu olho para você e te pergunto: O que falta para você?

Tião Prado