Comida

6 pratos típicos na gastronomia de Mato Grosso do Sul

Características marcantes da nossa culinária reúnem diversas culturas e a própria geografia do estado

23/01/2019 15h10 - DN

 
(Crédito: divulgação)(Crédito: divulgação)

O Mato Grosso do Sul é um estado que reúne um grande volume de migrantes. Além de pessoas de outros países, o estado sempre recebeu gaúchos que guiavam a boiada pelo cerrado, e até mesmo retirantes nordestinos. Dessa forma, o MS conta com uma diversidade de influência que foi unida à cultura pantaneira, além ter forte tendência dos países com que faz fronteira: Bolívia e Paraguai.

Confira os principais pratos típicos da nossa região e possíveis acompanhamentos para as refeições. Prepare o fogão, a geladeira e sua adega de vinho, pois todas essas opções vão te deixar com água na boca:

  1. Arroz Carreteiro

O prato foi desenvolvido a partir das longas viagens que os peões faziam, muitas vezes guiando a boiada. Eles se alimentavam muito bem antes de partir. A carne seca tem tudo a ver com esse movimento, pois tem uma durabilidade melhor que outros tipos de carne. Os ingredientes principais são a carne de sol e arroz (frito), cebola e alho costumam ser alguns dos acompanhamentos assim como ovo (feito na banha de porco, de preferência), além de mandioca bem cozida e vinagrete. Um vinho tinto encorpado pode ser um reforço de peso ao time.

 
(Crédito: divulgação | Pinterest)(Crédito: divulgação | Pinterest)
  1. Macarrão de Comitiva

O Macarrão de Comitiva é irmão do arroz carreteiro, pois leva ingredientes em comum. Assim como é o caso do arroz, a massa dispensa o cozimento e é frita na banha de porco. Isso decorre do fato de que o preparo do prato era preparado durante as expedições dos peões pelo cerrado e precisava ter preparos simples. Hoje, a massa pode ser apreciada com um bom vinho tinto encorpado, o Malbec ou Cabernet Sauvignon são boas opções, e uma água com gás gelada é uma excelente coadjuvante.

 
(Crédito: divulgação | Pinterest)(Crédito: divulgação | Pinterest)
  1. Pintado com molho de urucum

Um grande ativo do turismo local é a pesca que acontece no Pantanal, que foi historicamente importante para o desenvolvimento dos costumes locais. A marca na gastronomia são diversos pratos com peixes. O elemento principal do prato deve ser temperado com limão, pimenta e sal e empanado no trigo, o molho é preparado à base de urucum, que concede a coloração avermelhada, e conta com leite de coco e tomates, podendo ser gratinado com queijo.

 
(Crédito: divulgação | Pinterest)(Crédito: divulgação | Pinterest)
  1. Sobá

Uma marca de comunidade japonesa, oriunda da ilha de Okinawa, que veio à região no ano de 1908, o Sobá é um tipo de adaptação do famoso yakissoba e pode ser encontrado na Feira Central de Campo Grande. É uma massa servida com uma sopa quente e é acompanhada por legumes ou carne. O prato já tem bastante água e normalmente não é acompanhado por bebidas.

 
(Crédito: divulgação)(Crédito: divulgação)
  1. Quebra Torto

Seguindo a mesma lógica do Arroz Carreteiro e do Macarrão de Comitiva, esta é mais uma comida oriunda da cultura dos peões viajantes e ainda é presente nas fazendas do estado. O prato é composto pelo arroz carreteiro, conservas, farofa, ovos, pão, peixe frito e sopa paraguaia. A receita deve ser consumida ainda pela manhã e pode ser que o cidadão de hoje em dia fique satisfeito para o resto do dia. Levando em conta que é consumido cedo, um cafézinho pode ajudar na digestão!

 
(Crédito: divulgação | Pinterest)(Crédito: divulgação | Pinterest)
  1. Sorvete ou pudim de Guavira

A Guavira é uma fruta típica do cerrado. A importância para região é tão grande que, em novembro de 2017 entrou em vigor a Lei 5.082, determinando que todas as divulgações turísticas do estado do MS devem conter uma referência à fruta. A polpa da Guavira conta com muita suculência e mistura o doce com o ácido. Assim, ela é frequentemente usada para fazer cachaça, caldas, pudim e, também, sorvete.

 
(Crédito: divulgação)(Crédito: divulgação)

Envie seu Comentário